Quem tem direito ao PIS 2018? conheça os detalhes para receber o benefício

0

O segundo mês deste ano começa com a retirada do abono do #pis/#PASEPreferente ao ano-calendário 2017/2018, tendo como o ano-base 2016, para os trabalhadores do setor privado que nasceram nos meses de março e abril. Em relação ao Pasep, devido aos servidores públicos através o Banco do Brasil, a liberação inicia para quem tem o final da inscrição os números 6 e 7.

O PIS (Programa de Integração Social) é liberado ou creditado em conta na Caixa Econômica Federal (CEF). O valor estará disponível a partir do dia 22 de Fevereiro.

A notícia continua após esta Publicidade

Conforme mostra o calendário de pagamento, os que nasceram nos meses de janeiro e junho irão receber o PIS nos primeiros três meses de 2018.

Porém, os nascidos entre os meses de julho a dezembro já receberam o valor no ano de 2017. Independentemente de qualquer coisa, o valor estará à disposição do trabalhador até o dia 29 de junho de 2018, que é o dia final para o recebimento.

Para o ano-calendário 2017/2018 está orçado o valor de R$ 16,9 bilhões para liberação do abono a aproximadamente 24,3 milhões de trabalhadores. No âmbito do Programa de Integração Social (PIS) são aproximadamente R$ 15,7 bilhões para 22,1 milhões de beneficiários, de acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF).

Somente neste sétimo lote, só no PIS, aproximadamente 3,5 milhões de pessoas têm valores a receber no montante de R$ 2,5 bilhões, segundo informações fornecidas pela Caixa Econômica Federal.

QUEM TEM DIREITO AO PIS/PASEP 2018

Tem direito ao saque do abono os trabalhadores que receberam, em média no ano, até dois salários mínimos mensais registrado em carteira de trabalho assinada e que concomitantemente exerceu uma atividade remunerada em pelo menos 30 dias do ano de 2016.

QUAL O VALOR DO ABONO SALARIAL 2018

A quantia a ser recebida oscila entre R$ 80 e R$ 954, variando de acordo com o tempo em que a pessoa trabalhou com carteira assinada em 2016. Os trabalhadores de empresas privadas sacam o seu valor na Caixa Econômica Federal (CEF), e os servidores públicos (municipais, estaduais e federais) podem efetuar a sua retirada no Banco do Brasil.

Na hora do saque é solicitado um documento de identificação com foto (carteira de identidade ou habilitação) e o número do PIS/Pasep. O valor que o trabalhador terá direito é determinado pelo número de meses que foram trabalhados no exercício anterior, neste caso 2016.

Posto isto, quem executou atividade remunerada durante pelo menos um mês no ano-base 2016 receberá 1/12 (um doze avos) do salário mínimo vigente.

No caso de ser dois meses de serviço, o valor será 2/12 (dois doze avos) e assim por diante. O direito ao valor máximo ocorre somente para aquele que trabalhou o ano-base 2016 completo.

A título de exemplo, o trabalhador que executou o seu trabalho formalizado durante os 12 meses, receberá o valor completo, que é de um salário mínimo vigente (R$ 954,00). Se exerceu atividade por um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário mínimo (aproximadamente R$ 80).

COMO REALIZAR O SAQUE DO PIS/PASEP 2018

Para efetuar o saque do PIS, o trabalhador deve seguir os seguintes passos: ter em mãos o Cartão do Cidadão, a senha devidamente cadastrada e se direcionar aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a um correspondente bancário ou casa lotérica, de qualquer lugar do Brasil.

Caso não tenha o cartão, o beneficiário poderá obter o valor em qualquer agência da Caixa, apresentando a identidade ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Dúvidas ou perguntas acerca do PIS podem ser respondidas através do telefone 0800-726-02-07 (Central de Atendimento ao Consumidor – SAC) da Caixa Econômica Federal. Pode-se consultar também no site www.caixa.gov.br/PIS, na opção Consultar Pagamento. É necessário o número do NIS (PIS/Pasep) do trabalhador.

Em relação aos servidores públicos que vão sacar o Pasep, eles têm que observar se o valor caiu como depósito em uma de suas contas. Se em alguns dias o crédito não cair, deve-se procurar a agência mais próxima do Banco do Brasil (BB) e levar a carteira de identidade ou habilitação. Mais informações acerca da retirada do Pasep podem ser fornecidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

QUAL O PRAZO PARA SACAR O PIS/PASEP 2018

Conforme o informado pela Caixa , quando o saque do valor do PIS não é realizado nas datas do calendário, o valor fica disponível até o final do exercício financeiro, onde será incorporado ao saldo de quotas. Finalizando o exercício financeiro, no dia 29 de junho de 2018, o saldo será atualizado, e os rendimentos resultantes farão parte do saque do novo calendário a ser lançado.

A quantidade do rendimento depende do saldo disponível na conta do PIS vinculada ao trabalhador. De acordo com o próprio governo federal, o valor do abono salarial ano-base 2016 que ainda não foi retirado chega a mais de R$ 9,84 bilhões, envolvendo o total de 13,4 milhões de trabalhadores em todo o Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here