Residências poderão ser arrombadas pelas Forças Armadas em luta contra mosquito do zika vírus

0

Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (12) para detalhar a operação contra o mosquito aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika virus, o secretário municipal da Saúde de Salvador. José Antônio, esclareceu que agentes da prefeitura, acompanhados de soldados das Forças Armadas, farão duas tentativas para chegar às casas das pessoas. Caso nenhuma dê certo, a casa serão arrombada.

“A gente fará a primeira visita. Se não tiver ninguém em casa, faremos uma segunda visita em um horário diferenciado para tentar localizar os moradores. Se não encontrarmos, deixaremos um aviso debaixo da porta. Se essa pessoa não se manifestar, haverá o arrombamento da casa para limpar a área”, disse, acrescentando que quatro locais em Salvador terão atenção maior em função de apresentarem mais casos de doenças relacionadas ao mosquito.

“Os quatro distritos sanitários mais comprometidos são o Subúrbio Ferroviário, a região do Cabula, Boca do Rio e Itapoan. Nessas regiões iremos trabalhar de forma intensa”, completou.

exercito

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here