Sul da Alemanha recebe recorde de migrantes em um único dia

0

A polícia federal alemã comunicou ter registrado a chegada recorde de 3.500 migrantes nas últimas 24 horas no sul da Alemanha, na região fronteiriça com a Áustria. O número de migrantes aumentou significativamente com a chegada de trens superlotados, que saíram da Hungria, atravessaram a Áustria antes de alcançar a Baviera, disse um porta-voz da policia, nesta terça-feira (01/09).

Foi o maior número registrado por qualquer um dos dez distritos policiais federais da Alemanha desde o início da crise migratória – a principal economia europeia deve receber aproximadamente 800 mil refugiados somente em 2015, segundo estimativas oficiais do próprio governo alemão.


AAdQDto
Segundo reportagem do jornal alemão Süddeutsche Zeitung, devido à quantidade extraordinária, a polícia pediu que os cidadãos de Munique parassem de trazer doações, como água, fraldas, frutas, doces e até dinheiro. “Enquanto o número de refugiados diminui, o de voluntários continua aumentando”, disse o porta-voz da polícia de Munique, Sven Müller, ao jornal.

Mais cedo, nesta terça-feira, centenas de refugiados foram impedidas pela polícia húngara de seguir viagem numa estação de trem em Budapeste. “Alemanha, Alemanha! Queremos sair!”, gritavam os mais exaltados – alguns segurando seus bebês no ar.

Autoridades ferroviárias húngaras, no entanto, anunciaram que permitirão que “apenas aqueles em posse dos documentos de viagem apropriados e – caso necessário – um visto para embarcar em trens rumo à Europa Ocidental”.
A proibição foi imposta apenas 24 horas depois que a polícia húngara tinha inesperadamente permitido que pessoas presas por dias em campos de refugiados improvisados deixassem Budapeste. Centenas de migrantes superlotaram trens com destino à Alemanha e à Áustria, apesar de muitos não terem visto para a União Europeia (UE).

Autoridades austríacas afirmaram ter registrado um número recorde de migrantes entrando no país num único dia neste ano, com a polícia local contabilizando a chegada de 3.650 pessoas em Viena, na segunda-feira. Muitos deles seguiram à Alemanha, que diminuiu as restrições de asilo para refugiados sírios.

Um número sem precedentes de migrantes também chegaram na Bélgica, onde até mil refugiados, à espera de entrar com pedidos de asilo, estavam acampados próximos do principal centro de processamento de refugiados, em Bruxelas, na segunda-feira. A Suécia comunicou, também nesta terça-feira, que o número de pedidos semanais de asilo se aproximou de níveis históricos.

Em Berlim, em encontro com a chanceler federal alemã, Angela Merkel, o premiê espanhol, Mariano Rajoy, afirmou que o influxo recorde de refugiados e migrantes é “o maior desafio da Europa para os próximos anos”.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here