Terceirizados do Hospital Geral Clériston Andrade ameaçam paralisação por atraso no pagamento dos salários

0

Mais de 120 trabalhadores que prestam serviços para o Hospital Geral Clériston Andrade se reuniram na manhã desta terça-feira (18) em assembleia, na frente do hospital, para discutir o atraso no pagamento dos salários, que já chega a quase três meses.

De acordo com o diretor do Sindicato da Saúde da Rede Privada do Estado da Bahia (Sindsaúde), George Servilho, os funcionários, que são técnicos de enfermagem, de radiologia, laboratórios e fisioterapeutas, são contratados pela Fundação José Silveira. Ele afirma que a empresa não dá previsão de quando irá pagar os valores atrasados, e desde janeiro também não deposita as férias.

110952-3

“Os trabalhadores estão sendo quase despejados de suas casas porque a Fundação José Silveira não tem o comprometimento de pagar seus salários em dia. Os trabalhadores saem de férias, eles dizem que creditam na conta, mas quando o trabalhador vai ver não tem as férias”, afirmou George Servilho.

Ele afirma ainda que os trabalhadores negociam diretamente com a fundação e a empresa diz que não tem previsão. “Segundo a Fundação José Silveira, o governo não faz o repasse e ela não faz o pagamento aos trabalhadores. Até quarta se o salário não cair na conta, quinta-feira de manhã vai ter greve geral dos trabalhadores, serviços como emergência, clínica médica, radiologia e laboratório ficarão comprometidos.”

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here