Antes de terem as cabeças decapitadas, jovens grava vídeo falando sobre facção; Assista

0

A Polícia e o Corpo de Bombeiros Militares fazem buscas na Lagoa do Urubu, no bairro Floresta (Álvaro Weyne), na zona Oeste de Fortaleza, na tentativa de encontrar as cabeças de quatro pessoas assassinadas nas últimas 24 horas naquela comunidade e que foram decapitadas. A primeira a ser morta foi uma jovem identificada apenas como Munique. Os outros três eram jovens integrantes de uma facção. Antes de serem mortos, eles foram obrigados a participar de um vídeo gravado pelos assassinos.

O vídeo mostra o momento em que os três jovens falam do envolvimento com as facções, revelam o nome do grupo criminoso rival – Comando Vermelho – e citam alguns nomes e apelidos que poderão levar a Polícia a esclarecer mais rapidamente o triplo homicídio.

Por volta de 23h46 da terça-feira (30), moradores próximos à Lagoa do Urubu acabaram encontrando os corpos dos três jovens. Um deles estava decapitado e ocultado dentro de um carrinho de reciclagem. Os outros dois, estavam próximos um ao outro nas margens da lagoa.

Conspirou?
Em um “salve geral” (mensagem) nas redes sociais, bandidos não identificados e que se intitulam como membros da facção Comando Vermelho (CV), declararam que haviam “decretado” a morte da garota Munique por ela ter conspirado contra os colegas da quadrilha, acusando-os sem provar de terem participado de crimes.

Já a morte dos três homens na noite passada, a Polícia suspeita de uma retaliação pelo assassinato da garota horas antes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here