Com medo de demissão, pai mata filho de dois anos no Paraná

0

Um vigilante de 43 anos foi preso nesta terça-feira em Rio Branco do Sul, interior do Paraná, depois de confessar ter assassinado o filho de 2 anos, no final de semana, na região da Mata Rural do Assungui. A criança foi achada estrangulada do lado do carro da família.

Inicialmente, Daniel Pereira Aires disse à polícia que o filho foi morto por ladrões durante um assalto. Depois, acabou confessando o crime, dizendo que tinha medo de perder o emprego e ficar sem ter como sustentar o filho.

No domingo de manhã, Daniel saiu com o filho dizendo que iriam passear. Os dois não retornaram durante todo o dia. Na segunda, o vigilante reapareceu em uma unidade de saúde. Ele contou à polícia que foi assaltado e que os criminosos mataram o filho dele durante a ação porque o menino não parava de chorar.
dee
A polícia desconfiou da versão dada por Daniel. Eles foram até o local do crime em busca de mais informações, acompanhados por ele, para tentar recuperar detalhes.

Depois de quatro horas caminhando pelo local, Daniel confessou. Ele disse então que temia perder o emprego e ficar sem condições de sustentar a criança. A polícia investiga se esta foi realmente a motivação.

A mulher de Daniel foi ouvida e afirmou que ele era um pai amoroso, que nunca teve problemas com o filho. O caso segue sob investigação.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here