Homem mata vizinha em Salvador por ela o ter acusado de ser homicida

0

Um montador de andaimes, de prenome Ivan, que tem 32 anos, confessou em depoimento no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ter matado uma vizinha idosa, no bairro da Liberdade, em Salvador, porque segundo ele a mulher de 62 anos o difamava, dizendo que ele era homicida e estuprador. O crime ocorreu na segunda-feira (25).

De acordo com informações da Polícia Civil, Ivan já havia sido condenado pela Justiça a mais de 11 anos de prisão, pelo homicídio de Morais de Souza, ocorrido no ano de 2006, também em Salvador, mas só cumpriu 1 ano e três meses da pena.

Segundo a polícia, Ivan foi preso em casa, na Rua Laurindo Rabelo, no bairro da Liberdade, por policiais da 37ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). Ele resistiu à prisão, foi ferido na perna durante a ação e socorrido para o Hospital Ernesto Simões Filho, onde recebeu cuidados médicos. Com ele foi apreendido um revólver calibre 32 e cinco munições.

No depoimento, ele contou que estrangulou a vizinha Lúcia Miguel com o auxilio de uma corda, e depois a empurrou, fazendo com que a vítima lesionasse a cabeça.

Após o crime, a casa da idosa pegou fogo e o corpo dela foi encontrado carbonizado, entretanto Ivan alega não ter causado o incêndio. Segundo a Polícia Civil, ele disse que a residência de Lúcia era iluminada por velas, o que pode ter provocado o incêndio. Uma perícia será realizada no local.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here