Jornal descobre venda ilegal de órgãos no Facebook

0

Uma pesquisa desenvolvida pelo jornal britânico Mirror descobriu a existência de um comércio ilegal de órgãos por meio do Facebook.

De acordo com a publicação, “agentes” entram em contato com pessoas que vivem na miséria para convencê-los a vender seus órgãos por valores entre 1,2 mil e 75 mil libras (aproximadamente de R$ 6 mil a R$ 375 mil) para moradores do Reino Unido à espera de transplantes. Como “agentes corretores” as gangues criam ofertas para conectar os britânicos a doadores de países como Paquistão e China. Um dos “corretores” contatados pelo jornal vive no Sri Lanka e admitiu que já fechou mais de 100 ofertas.


aufbakjf
Já um doador paquistanês de 41 anos, chamado Muhammad Adghar, contou que venderia seu rim para realizar o tratamento de sua filha. O Facebook se posicionou solicitando que ofertas similares devem ser denunciadas. “Qualquer indicação de venda forçada de órgãos ou de alguém oferecendo órgãos de uma criança para venda quebra nossas regras e seria removida do Facebook”, afirmou um porta-voz da rede social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here