Mãe do acusado e mãe da criança também deverão ser presas

0

Após revelar detalhes do crime durante apresentação na manhã desta quinta-feira (20), Rafael Pinheiro de Jesus, de 28 anos, acusado de matar o menino Marcos Vinicius de Carvalho Santos, de apenas dois anos, foi transferido para cadeia pública, na Mata Escura. Porém, outras duas prisões ainda deverão acontecer com o esclarecimento total do caso.

De acordo com a titular do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Heloísa Simões, a mãe de Rafael, Dona Anira, deverá ser indiciada por falsa denúncia, pelo fato de ter sustentado junto com o filho, a versão de desaparecimento da criança, tentando induzir a polícia ao erro nas investigações.

link-zap
Loading...

1
Já de acordo com o delegado da 12ª Delegacia Territorial, de Itapuã, ACM Santos, quem também poderá ser presa é a mãe da criança, Fabiane de Carvalho, de 18 anos. Segundo o titular, houve negligência da jovem, ao entregar o filho a um desconhecido, mesmo tendo conhecimento da saúde delicada do menino. Durante a coletiva, Rafael alegou que Fabiane lhe entregou a criança por não ter condições de criá-la.

De acordo com a polícia, os pedidos de prisão de Dona Anira (mãe de Rafael) e de Fabiane (mãe de Marcos Vinícius) estão sendo analisados e deverão ser solicitados à Justiça após a conclusão do laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT), que vai apontar a causa exata da morte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here