Moradores acusam PM de matar cachorro durante ronda em comunidade de São Paulo

0

Moradores da comunidade de Heliópolis, na Zona Sul de São Paulo, acusam um policial militar de assassinar com um tiro um cão, conhecido como Bob. Segundo os relatos, no momento em que foi atingido pelo disparo, o animal estava deitado na calçada, ao lado de duas crianças, uma de 4 e outra de 7 anos, na noite do último sábado.

De acordo com relatos nas redes sociais, Bob teria latido para uma viatura da PM enquanto esta passava na rua durante uma ronda. Um policial, então, teria disparado contra o animal, fugindo em seguida “dando risadas”, segundo moradores.

cachorro (1)

“Eu, moradora de Heliópolis, estou indignada com a atitude de um policial. Ele matou o Bob, um cachorro.. Os moradores atearam fogo em um ônibus, espalharam entulhos, lixos. Espero que esse policial pague o que fez com esse anjinho”, escreveu uma moradora no Facebook.

A secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), no entanto, apresenta outra versão para os protestos. Segundo sua assessoria, a Polícia Militar estava realizando uma operação para coibir delitos no entorno de bailes funk promovidos na comunidade. Os moradores, incomodados com a intervenção dos policiais, teriam começado a praticar atos de vandalismo na Avenida Almirante Tamandaré.

A Força Tática, então, teria sido convocada, dispersando o protesto. Segundo a PM, não houve registro de animais feridos na noite do último sábado durante a operação.

protesto1 protesto2

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here