PM que aparece em vídeo matando rival é preso

1

O sargento Júlio César da Silva, de 44 anos, que atirou contra o motorista Fábio Aguiar de Morais, de 36, morto em Governador Valadares (MG), na Região do Rio Doce, se apresentou na delegacia da cidade nesta segunda-feira.

De acordo com o jornal Estado de Minas, o militar foi ouvido e depois levado para um batalhão da Polícia Militar (PM) na cidade. O atirador entregou a arma usada no crime, mas não prestou depoimento.

Na manhã desta segunda-feira, um inquérito foi aberto para investigar o caso e foi decretada a prisão preventiva do policial. Ele chegou à delegacia em um carro particular e entrou pela porta da frente, por volta das 16h.
homem-morre-tiro
Entenda o caso
O vídeo que circula nas redes sociais mostra a discussão e o momento em que o sargento, que não estava de serviço, atira três vezes contra a vítima. O crime ocorreu na Rua Campos Sales, no bairro Santa Rita. As imagens mostram Fábio com um facão na mão discutindo com o policial militar, que segurava a arma.

O PM acusa o motorista de covarde. Os dois falam em ligar para a polícia, mas não dizem o porquê. Júlio César ameaça “cortar” o rival no tiro. Fábio duvida. O policial, então, coloca o celular no chão e atira cinco vezes. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade. O policial militar fugiu após atirar contra o rival e segue sendo procurado.

O motivo da discussão entre os dois está sendo investigado. Em nota, a Polícia Civil de Minas Gerais informou que já “solicitou a prisão preventiva do autor baseado no depoimento de testemunhas e imagens registradas pelo celular da esposa da vítima”.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here