Polícia procura suspeito de aplicar golpes através de sites na internet

0

A Polícia Civil de Feira de Santana está à procura de um homem suspeito de aplicar vários golpes usando os sites de compra e vendas de bens, OLX e Bom Negócio.

De acordo com o delegado João Rodrigo Uzzum, Ronielson Gonçalves da Silva, conhecido como Mimi, 32 anos, reside na Rua Manoel da Costa, bairro Barroquinha, em Feira de Santana, mas está foragido. O delegado pede que as pessoas que foram vítimas do golpe aplicado pelo suspeito ou que tenha informações que ajudem a localizá-lo, entrem em contato com a polícia.

Segundo Uzzum, ele é integrante de uma quadrilha de estelionatários que atua nos estados da Bahia, Santa Catarina, Paraná, Tocantins e Maranhão.


83355-3

“Ronielson é o braço dessa quadrilha em Feira de Santana. O grupo publicava anúncios de veículos de alto padrão em sites na internet, em especial o OLX e Bom Negócio. Usavam preços inferiores aos de mercado, as pessoas interessadas entravam em contato, e efetuavam o depósito de parte do valor na conta de laranjas, evidentemente não recebiam os veículos e eram lesadas”, informou o delegado.

Mais noticias sobre os golpes na OLX:

Romielson, segundo a polícia, tinha a função de fazer o contato com os compradores em Feira de Santana. O acusado também tinha uma pessoa que recebiam o valor para ele, e essa pessoa já foi encontrada e ouvida na delegacia.

Houve uma operação desenvolvida pela Polícia Civil do interior do Pará na qual foram expedidos diversos mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva contra essa quadrilha. “Foi uma operação de grande porte. Muitas pessoas foram presas nas cidades de Juazeiros, Petrolina e nessa cidade. Não localizamos Ronielson na residência, mas foi preso o irmão dele, Givanilson Gonçalves da Silva, conhecido como Buda, que tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio tentado, que ele participou na cidade pernambucana de Orocó”, relatou o João Uzzum informando que a central da quadrilha era em Juazeiro e Petrolina, onde foi preso o líder durante a operação.

O delegado informou também que Ronielson trabalhou no Centro de Abastecimento e teria aplicado alguns golpes no estabelecimento.
“Não há duvida da participação desse indivíduo nesse esquema criminoso, tanto que foi decretada a prisão preventiva dele pelo juízo na vara da cidade de Belém, no Pará”, ressaltou o delegado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here