Preso em Riachão do Jacuípe, homem suspeito de matar a própria mãe com tiro de espingarda

0

Foi preso na tarde desta segunda-feira (28), por volta das 16h, Liosmário de Jesus Santos Silva,vulgo Guigó, 23 anos, acusado de matar a própria mãe, no último domingo (27), no Distrito de Chapada. A prisão aconteceu após a guarnição da 90ª CIA Independente da Polícia Militar de Riachão do Jacuípe receber uma denúncia através do número 190.

Segundo a denúncia, o criminoso estaria num posto de lavagem de propriedade de um morador de Chapada. O posto fica localizado às margens da BR 324, em Riachão do Jacuípe. Liosmário teria ido pedir conselhos ao proprietário. Após verificar a veracidade da informação, o sargento Matos, juntamente com o cabo Amaro e o soldado Falconeri foram em diligência até o posto, onde efetuaram a prisão em flagrante.

De acordo o sargento Matos, no momento da prisão, Guigó estava desarmado e não reagiu. Ele foi detido e apresentado na Delegacia Territorial de Riachão do Jacuípe, onde será ouvido pelo delegado titular Sérgio Vasconcelos, e posteriormente ficará à disposição da Justiça.

Arrependimento

Guigó contou que não queria matar a mãe e que estava bastante arrependido. “Eu peguei a espingarda, mas não iria fazer nada com ela. Não iria matar minha mãe. Foi porque ela passou na frente e a espingarda detonou. A espingarda era para meu primo que tem rixa comigo. Eu peguei pra ele”, Garantiu.

Guigó confessou que estava bebendo e que assassinou a mãe, Maria Martina Santos de Jesus, mas que estava sofrendo muito com isso. “Eu fiquei em pânico. Minha coroa era tudo que eu tinha na vida”, lamentou.

Após o crime, ele abraçou a mãe e pediu para ela não morrer. Pediu também para o pai dele que o matasse naquele momento. Quanto ao uso de droga disse que não fazia. “Já usei, mas faz muito tempo”, garantiu.

Foi citado também em alguns blogs que a espingarda usada no crime teria sido calibre 12,mas Liosmário, esclareceu que trata-se de uma espingarda comum, utilizada para caçar.

Ele falou que após o fato fugiu e se escondeu numa roça, mas que pensava em se entregar. Espera ter o perdão da família.

O jovem já tem passagem pela polícia, por porte de maconha. Coincidentemente, ele foi preso no momento em que sua mãe estava sendo enterrada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here