Revista em presídio de RR acha dois corpos enterrados após massacre

0

Em revista realizada neste sábado (7) na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, após a morte de 31 detentos, a polícia encontrou por volta das 14h (16 de Brasília) dois corpos enterrados na Ala da Cozinha, segundo informou a Secretaria de Comunicação do governo nesta tarde.

De acordo com o governo, os dois detentos não haviam sido identificados na contagem após a morte de 31 reeducandos.

Em entrevista à imprensa na tarde deste sábado, o secretário adjunto da Secretaria de Justiça e Cidadania Major Francisco Castro informou que os corpos encontrados na penintenciária podem ter relação com o massacre de sexta-feira.

“Provavelmente tenha ocorrido no mesmo evento [massacre]. Havia informes que haveriam mais dois detentos mortos no local. Foi feita a varredura pelos policiais e pelos agentes e foram de fato localizados”, declarou.

A Ala da Cozinha é onde cumprem pena presos que respondem por crimes como estupro e maria da penha. No local, não há celas e nem pavimento, mas barracos improvisados. Nessa mesma ala, a polícia já encontrou vários buracos e até um túnel de 23 metros de extensão.

O Instituto Médico Legal (IML) chegou à unidade por volta das 16h30 (18h30 de Brasília) para fazer a remoção dos corpos. De acordo com o Major Francisco, os corpos serão levados para a identificação e, em seguida, serão liberados para a família.

O massacre na maior unidade prisional de Roraima ocorreu na madrugada de sexta-feira (6), por volta das 2h30. Não houve rebelião e não foi registrado fuga, segundo o governo.

Dos 31 mortos, 12 já foram identificados pelo Instituto Médico Legal (IML) e pelo Instituto de Identificação e liberados para o sepultamento.

O governo divulgou na manhã deste sábado a lista com a relação dos detentos mortos:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here