Riachão: Acusado de matar professora é solto

0

O acusado de ter matado a noiva, a professora de inglês Ienata Pedreira Rios, de 35 anos, em Riachão do Jacuípe, no começo de julho foi liberado nesta quinta-feira (5).

Cássio Fabrício Carneiro saiu da delegacia de Teofilândia, onde estava detido, após ter a prisão temporária revogada. Segundo o delegado Sérgio Araújo Vasconcelos, a Justiça revogou a prisão por entender que não há motivos parar mantê-lo preso, já que a prisão temporária teve o prazo de 30 dias encerrado.

assassino

Ao Acorda Cidade, o delegado declarou que já pediu a prorrogação do prazo do inquérito por se tratar de caso que exige mais investigação, como a conclusão de várias perícias.  Ienata Pedreira Rios foi morta a facadas dentro de casa em Riachão do Jacuípe.

Cássio Carneiro foi preso três dias depois do assassinato. Ele e a professora mantinham um namoro há cerca de três anos. No dia do crime, Cássio disse à polícia que não estava em Riachão do Jacuípe.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here