Suspeito de invadir casa, raptar e estuprar bebê de 4 meses na BA é denunciado por populares e preso

0

O homem de 47 anos suspeito de invadir uma casa, raptar e estuprar um bebê de quatro meses, em Belmonte, no sul da Bahia, foi preso na tarde desta sexta-feira (23). Informações preliminares da Polícia Civil apontam que Rairone Moura dos Santos foi visto em Boca do Córrego, zona rural de Belmonte, por populares que acionaram a polícia.

Publicidade

Rairone deve ficar preso em Eunápolis, mas ainda não foi ouvido, segundo informou o delegado Moisés Damasceno, titular da 23ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Eunápolis). A prisão preventiva dele já havia sido pedida à Justiça no último domingo (18).

Conforme disse a polícia, após ter violentado o bebê, Rairone abandonou a criança em uma estrada de chão, enrolada em um cobertor.

O bebê, do sexo feminino, foi levado para o hospital com muitas lesões e sangramentos, passou por cirurgias. A criança continua internada, em observação.

Após o estupro, a mãe da criança relatou à polícia que o suspeito invadiu a casa onde ela mora para estruprá-la, mas ela saiu correndo, junto com uma filha, de 9 anos. O homem, então, teria raptado a bebê.

Mãe denuncia

A mãe da criança disse à polícia que já foi abusada por Rairone duas vezes, recentemente. De acordo com o delegado Moisés Damasceno, a mãe da criança nunca registrou os casos na polícia. O crime contra o bebê ocorreu no domingo (18), no distrito de Santa Maria Eterna, em Belmonte.

A mãe relatou à equipe da TV Santa Cruz que era o alvo do suspeito, mas fugiu com uma outra filha, com medo que a menina também pudesse ser abusada por Rairone. A mãe da criança contou que o suspeito, mora em um assentamento perto da casa da família dela, e já tinha ameaçada ela de morte.

Ao voltar para casa, já acompanhada de vizinhos, cerca de cinco minutos após a chegada do suspeito, a criança de quatro meses não foi encontrada no imóvel. O bebê foi achado por populares, cerca de duas horas, e foi levado para o Hospital Regional de Eunápolis.

Segundo o delegado Damasceno, o suspeito não tem passagens pela polícia. A mulher dele, que não teve a identidade divulgada, está grávida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here