Três jovens assassinadas não tinham relação com tráfico, diz delegada

0

As três jovens mortas em Camaçari, região metropolitana de Salvador na última sexta-feira (26), não tinham envolvimento direto com o tráfico de drogas, segundo informações da delegada Maria Tereza Silva que investiga o caso. Conforme a titular da 4° Delegacia de Homicídios, duas das meninas namoravam com rapazes envolvidos com o tráfico.

“Elas namoravam simplesmente [com os jovens]. Poderiam até saber que eles tinham envolvimento com o tráfico de drogas, mas elas não tinham diretamente envolvimento. É disputa e rivalidade. Eles [os traficantes] querem o ponto de drogas que rende mais e também por conta de brigas entre si”, explicou.

Junto com as adolescentes estava um jovem de 21 anos, que foi sequestrado, e depois encontrado morto em Camaçari.

garotas

A delegada também falou sobre a segurança no bairro e que o foco da polícia é encontrar as pessoas envolvidas. “A população que não tenha nada a ver com o tráfico de drogas não tem que ficar preocupada. A polícia está na rua, a maior parte concentrada no bairro Nova Vitória”, disse.

Até a publicação desta reportagem, não havia detalhes sobre a motivação e autoria dos crimes contra os jovens. Uma reunião de avaliação da SSP-BA está marcada para o turno da tarde desta segunda-feira. Nenhum suspeito ainda foi preso.

Homicídios
Nove homicídios foram registrados durante o último final de semana em Camaçari. Além das três adolescentes e o jovem de 21 anos, outras cinco mortes aconteceram no bairro. Um homicídio foi no sábado e quatro no domingo (28).

As vítimas de domingo foram um menor de 17 anos, uma jovem de 19, um jovem de 21, e um homem que não foi identificado. De acordo com a polícia, com exceção do homem não identificado, que foi morto a facadas, todos os outros foram mortos a tiros.

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que tem indícios sobre a autoria dos crimes, que são investigados pelos departamentos de Homicídio e Proteção à Pessoa (DDHP) e de Polícia Metropolitana (Depom).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here