Vice-prefeito de Simões Filho pode ser indiciado por falso testemunho

0

No dia 29 de junho, o vice-prefeito da cidade de Simões Filho, Jesival Xavier da Conceição, de 45 anos, foi baleado na perna esquerda durante uma tentativa de assalto por volta das 1h30 da madrugada. Na delegacia, o político declarou em juízo que o crime teria acontecido no Pelourinho, Centro Histórico de Salvador.

Dias depois, a Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), após ser questionada para apuração dos fatos, informou que o vice-prefeito não teria sido baleado no Pelourinho, e sim no bairro do Jardim de Alá, também na capital baiana. Sem realizar a correção dos fatos, ou justificar os motivos que o levaram a fornecer as informações declaradas como verídicas, Jesival pode responder criminalmente por isso.

Segundo a delegada Maritta Souza, titular da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), o vice-prefeito pode ser indiciado por falso testemunho, uma vez que assinou como verídicas as informações declaradas por ele. A delegada afirma que até a próxima semana o inquérito estará concluído e à disposição da Justiça.

À equipe do G1, Jesival Xavier disse que só vai se pronunciar sobre o assunto após conversar com a delegada, encontro que deve acontecer na quarta-feira (27).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here