Criança nasce com microcefalia em Feira de Santana

0

Um bebê nasceu com microcefalia na cidade de Feira de Santana, cidade a cerca de 170 Km de Itaberaba, na quarta-feira (18) e, segundo informações da direção do Hospital da Mulher, o caso está sob investigação para descobrir se há relação com o Zika Vírus. A paciente é moradora de Amélia Rodrigues, cidade a cerca de 28 km de Feira de Santana. Ainda segundo a unidade de saúde, a gestante relatou ter apresentado sintomas da vírus no sexto mês de gravidez.

“Não sabemos ainda se há relação com o Zika porque ela é uma paciente de outro município. A Vigilância Epidemiológia da cidade vai investigar o caso. Ela nos contou que no sexto mês de gravidez teve eritemas [lesões avermelhadas] na pele, mas não teve febre. Disse que foi em um posto de saúde da cidade dela e não falaram nada referente ao Zika. Ela só veio pra gente [Hospital da Mulher] e pariu. A Vigilância de Amélia Rodrigues vai à casa dela, vai investigar. Enfim, vai fazer um rastreamento, para ver se a microcefalia tem ligação com o Zika”, explicou Charline Portugal, diretora do Hospital da Mulher.

Relação com zika vírus
O Ministério da Saúde informou que os casos de contaminação por zika vírus registrados no primeiro semestre são a “principal hipótese” para explicar o aumento da ocorrência de microcefalia no Nordeste.

A relação entre o zika vírus e a microcefalia ganhou força porque o micro-organismo foi identificado em duas gestantes da Paraíba. Elas apresentaram sintomas da infecção durante a gravidez e carregam bebês com microcefalia confirmada.

Exames laboratoriais encontraram o vírus no líquido amniótico, que envolve o bebê na gestação.
A Secretaria Estadual de Saúde da Bahia informou que está atenta à situação e realiza verificações regulares junto às maternidades, em virtude da incidência de zika virus e apura se os casos estão relacionados com a respectiva doença.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here