Jovem de 27 anos morre após bater carro na Barra, fugir e bater de novo em muro de faculdade

0

George Saldanha, 27 anos, morreu após se envolver em dois acidentes nos bairros da Barra e Graça, na manhã desta segunda-feira (12). O primeiro incidente aconteceu por volta das 7h30 na rua Miguel Burnier. De acordo com informações do major Edmundo Assemany, da 11ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Barra), George estava a caminho da praia com o seu Hyundai i30 quando perdeu o controle da direção e invadiu o posto de combustível Menor Preço em alta velocidade.

O estabelecimento já estava funcionando no momento do acidente. O veículo bateu em uma pilastra ao lado da bomba de combustível. Ninguém ficou ferido. Após a colisão, George fugiu e voltou para a casa de um amigo na Graça, onde tinha dormido com outros amigos.


acidente 1
“A gente dormiu aqui e o George saiu cedo, disse que ia na praia espairecer”, disse o estudante Cássio Vinagre, um dos amigos da vítima. Antes dos acidentes, George pegou a chave dos dois carros – a do i30 e a do Corolla preto, que pertence a um amigo identificado apenas como Murilo.

“Ele disse que ia pegar um pendrive no Corolla e saiu”, relembra Cássio. Foi a última vez que ele viu George com vida. Os amigos não tiveram mais contato com o rapaz, e chegaram a cogitar a possibilidade dele ter sofrido um assalto antes de ter vindo pegar o outro carro.

A PM ainda não sabe para onde ele estava a caminho quando se envolveu no segundo acidente – desta vez na Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no bairro da Graça. Por volta das 8h30, uma hora após se envolver em uma colisão na rua Miguel Burnier, George tornou a perder o controle da direção na rua Humberto Campos.

Ele derrubou o portão de entrada da Faculdade de Direito, que voou para longe, e bateu de frente com um muro do prédio da instituição. George ficou preso às ferragens e chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que tentou reanimar a vítima.

No entanto, George não resistiu aos ferimentos e morreu. Vídeos das câmeras de segurança de um prédio na Barra mostram George correndo sem camisa pela rua, às 8h06 de hoje. Um porteiro de um prédio na rua Humberto Campos, que preferiu não se identificar, disse que estranhou o comportamento de George momentos antes do segundo acidente.
acidente 2
“Ele passou pela rua azuado, parecendo que estava procurando alguma coisa, ou fugindo de alguém. Depois apareceu com o carro em alta velocidade”, contou o funcionário. O porteiro Jair Albino, que trabalha em um prédio vizinho à faculdade de Direito, também estranhou a velocidade do veículo.

“Eu vi um homem passar aqui correndo, e achei estranho. Pensei até que era um assalto. Depois eu ouvi um barulho e o carro passando em alta velocidade. Quando estava perto aqui do prédio ele arrancou ainda mais”, contou Jair ao CORREIO. “Eu pensei – como ele vai fazer essa curva acelerando mais? E quando ouvi foi só o estrondo da batida”.

A polícia investiga a causa dos dois acidentes. O corpo do jovem será encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador ainda nesta manhã, onde passará por perícia antes de ser liberado para a família. George trabalhava na empresa Grande Bahia, como consultor de vendas de veículos.

Ainda de acordo com a PM, dentro do i30 da vítima, abandonado na Barra, foi encontrado maconha. O Corpo de Bombeiros esteve no local para remover o combustível da via, e o veículo da vítima também foi retirado do local por um guincho da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador).

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here