Assessora flagrada em vídeo de sexo é demitida de cargo no Senado

1

Gravada em vídeo com cenas de sexo vazado na internet, a assessora do senador Ciro Nogueira (PP) foi exonerada do cargo no Senado. A exoneração de Denise Rocha Leitão foi publicada no boletim administrativo do Senado desta segunda-feira (6).

Assessora parlamentar disse que ficou chateada com a demissão. “Lógico [que ficou chateada]. Não só eu quanto a sociedade toda. Foi machismo. Só ouviram um lado”, reclamou. Denise afirmou também que ainda não conversou sobre o assunto com o senador. 

Ela está se recuperando de uma cirurgia e relatou  que pretende conversar com o senador ainda nesta terça-feira (7). Ciro Nogueira afirmou que a demissão foi comunicada à assessora pela equipe do gabinete. “Se foi a melhor decisão, nunca vamos saber, mas para o futuro do trabalho foi melhor”, disse o senador.

O caso está sendo investigado pela delegada Ana Cristina Melo, da Delegacia da Mulher. A origem da publicação do vídeo ainda não foi comprovada. Além de Denise, o homem que aparece com ela nas imagens e um servidor do Senado já prestaram depoimento.

O vídeo circulou entre parlamentares e jornalistas durante uma sessão da CPI do caso Carlinhos Cachoeira.

Diante da repercussão do vídeo, uma pessoa dizendo-se da revista Playboy ligou para o gabinete do parlamentar em julho buscando o contato de Denise. A informação não foi confirmada oficialmente pela revista.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here