Greve dos professores já duram 35 dias na Bahia

0

Os professores da rede estadual que estão em greve há 35 dias decidiram, depois de uma assembleia geral realizada na manhã desta terça-feira (15), que vão manter a greve na capital e no interior.

Publicidade

Mais de um milhão de alunos permanecem sem aula. Segundo informações da TV Bahia, na última sexta-feira (11) o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB), Rui Oliveira, e a secretária da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação se reuniram com representantes do Ministério de Educação em Brasília para pedir atenção à área da Educação da Bahia.

Os professores exigem que o governo estadual pague a toda a categoria o reajuste de 22,22% previsto em acordo assinado ano passado. Entretanto, o Executivo concedeu o aumento sugerido apenas para um quadro especial – que reúne os professores do chamado magistério. Os demais recebem 6,5%, igual a todos os servidores do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here