Aproveite este fim de semana para visitar seu local de provas do Enem

0

A edição de 2013 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece no próximo fim de semana, nos dias 26 e 27, mas o Ministério da Educação recomenda a todos os candidatos que conheçam com antecedência o trajeto entre suas casas e os locais onde farão as provas. Por isso, a dica é aproveitar este sábado (19) ou domingo (20), último fim de semana antes das provas, para visitar a escola que consta no cartão de confirmação do Enem, divulgado no início de outubro pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionas Anísio Teixeira (Inep).

É no cartão de confirmação do Enem que o candidato consegue descobrir seu local de provas. Até a quarta-feira (16), o cartão já havia sido entregue pelos Correios às casas de 99,67% dos candidatos. Todos os inscritos também podem acessar o endereço onde farão o exame pela internet.

Para isso, é preciso digitar CPF e senha. Veja abaixo os campos do cartão que informam o nome da escola onde o aluno deve fazer a prova, o endereço e a cidade onde ela fica:

Quem tiver problemas com o recebimento do cartão ou com a impressão dele pode entrar em contato com o Ministério da Educação pelo telefone 0800-616161.

Cartão de confirmação do Enem mostra o local de provas (no destaque em amarelo) (Foto: Reprodução/Inep)
Cartão de confirmação do Enem mostra o local de provas (no destaque em amarelo) (Foto: Reprodução/Inep)

Distância entre a casa e o local de prova
Como o exame teve mais de 7,1 milhões de inscritos, o Inep usou um processo de zoneamento para tentar colocar os candidatos em locais de prova distantes até 30 quilômetros dos endereços residenciais apontados no ato da inscrição. Muitos deles, porém, terão que fazer as provas em bairros e até cidades diferentes.

Se você não conhece a escola e a rua onde terá que ir nos dias 26 e 27, é possível buscar na internet o trajeto mais conveniente para chegar lá a partir da sua casa.

Pela ferramenta de mapas do Google, por exemplo, o candidato pode usar a opção “como chegar” para inserir o endereço de sua casa e o do local de provas. O mapa traça rotas feitas por carro, transporte público ou a pé, e ainda estima a distância e a duração do percurso nas três opções.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, já alertou os candidatos sobre a confusão entre o local de provas e o endereço: “A pessoa olha o local que às vezes é o nome da escola, e acha que é o nome da cidade. O nome do local é o nome da escola, e embaixo tem o endereço, tem a cidade, qual é o estado, a rua, o número.”

Aos que recisam usar ônibus, trem ou metrô para chegar ao local do Enem, vale lembrar que nos fins de semana o transporte coletivo costuma funcionar com menos veículos e maior tempo de viagem. Por isso, usar o próximo fim de semana para reconhecer o trajeto e descobrir a alternativa mais fácil é uma forma de evitar problemas de última hora que podem fazer com que o estudante perca a prova.

O candidato não deve sair de sala antes de passadas duas horas desde o início da prova. Quem se retirar vai ser eliminado, avisou o ministro em coletiva de imprensa no dia 3 de outubro.

Sobre o exame
O edição do Enem em 2013 terá 7.173.574 candidatos, ao custo de R$ 49,86 cada para o governo. O número de inscritos para a prova deste ano superou o recorde anterior, de 2012, que era de 5.971.290 pessoas.

Deste montante, cerca de 70 mil candidatos pediram atendimento especial, como ledores e transcritores da prova, por exemplo, por causa de alguma deficiência.

A correção da redação do Enem ficará mais rígida a partir deste ano. Inserção de trechos indevidos, como receitas de macarrão e hinos de times de futebol, que fogem ao tema, poderão resultar em nota zero para o candidato. A alteração, inclusive, está explícita no edital da prova, ao contrário das edições anteriores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here