Prazo para inscrição no concurso da Caixa termina nesta terça

0
Esta terça-feira, 11 de fevereiro, será o último dia para quem deseja inscrever-se no concurso para técnico bancário da Caixa Econômica Federal. O requisito é apenas o nível médio, e a remuneração, de R$2.932,32, sendo R$2.025 de vencimento-base, R$509,96 de auxílio alimentação/refeição e R$397,36 de cesta-alimentação, para carga de trabalho de 30 horas semanais. As inscrições são feitas no site do organizador da seleção, o Cespe/UnB. Será preciso pagar a taxa, no valor de R$43, até 26 deste mês, em postos de atendimento da Caixa, casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, em dinheiro, ou por meio do autoatendimento e do Internet Banking.
caixa-economica-federal-hg-20120302
Nesta terça também acaba o prazo para os pedidos de isenção do pagamento, no site do Cespe/UnB. Para solicitá-la, o candidato deve estar inscrito no CadÚnico e comprovar ser membro de família de baixa renda. Os participantes serão submetidos, no dia 30 de março, a redação e prova objetiva, ambas previstas para serem aplicadas no turno da tarde. O exame será composto por 120 questões, sendo 14 de Língua Portuguesa, 36 de Conhecimentos Básicos (Raciocínio Lógico, Matemática, Atualidades, Ética e Legislação Específica) e 70 de Conhecimentos Específicos (Atendimento e Conhecimentos Bancários). Para a área de Tecnologia da Informação, na parte específica será cobrada a disciplina de Tecnologia da Informação em vez de Atendimento. Já a redação deverá ter até 30 linhas e valerá 20 pontos.
Será aprovado quem não zerar a parte de Conhecimentos Básicos e/ou na de Específicos, além de obter nota total no polo igual ou maior a 80 pontos. Também será preciso estar classificado dentro do número de redações corrigidas (133.301, sendo 9.134 no Rio de Janeiro). E, para ser aprovado, nessa avaliação, será precio tirar, pelo menos, dez pontos. O resultado final sairá em 15 de maio, quando também será divulgada a convocação para os exames médicos admissionais e contratação dos aprovados. Os selecionados serão contratados sob o regime celetista e a seleção terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.
Retificações –  Foram divulgadas, na segunda-feira, dia 10, no Diário Oficial da União, retificações dos concursos para técnico bancário e para o nível superior. No documento, a Caixa inclui uma unidade de abrangência para o polo de Tecnologia da Informação, no Distrito Federal, e aumentou o limite de aprovados, dentro do cadastro de reserva, para técnico do pólo de Tecnologia da Informação, no Distrito Federal. Serão aceitos mais 44 aprovados, totalizando 360. Também foram alterados itens referentes aos deficientes, tanto na seleção para técnico quanto para o superior. Para engenheiro, o banco acrescentou o Rio Grande do Norte como estado contemplado na disputa.Serviço
Inscrições: www.cespe.unb.br/concursos/caixa_14_nm

Cadastro vai ser bastante utilizado

O concurso para técnico bancário da Caixa Econômica Federal é destinado à formação de cadastro de reserva. Porém, o banco estabelece um limite de aprovados que poderão ser contratados. No total, o cadastro contará com 29.981 candidatos, sendo 2.055 no Rio de Janeiro (1.137 para o polo da capital, 865 para o interior e 53 para a área de Tecnologia da Informação). A expectativa é que a maior parte desse cadastro seja utilizado, por conta do plano de expansão da Caixa. Até 2015, estão previstas para serem abertas em todo o Brasil 2.065 agências, além de postos de atendimento, lotéricas, pontos de atendimento eletrônico e correspondentes bancários), o que fará com que haja necessidade de contratação de pessoal. Segundo a Assessoria de Imprensa da empresa, no Rio serão abertas 18 agências somente este ano.

Média de 6 mil contratações todos os anos

Uma prova de que o concurso da Caixa Econômica Federal resultará em muitas contratações, o que torna a seleção muito atrativa, é o histórico anual do banco. Conforme recente levantamento divulgado pelo presidente da instituição, Jorge Hereda, entre 2003 e 2013, a Caixa fez 67.691 admissões, totalizando uma média de 6.153 por ano. Para 2014 e 2015 já estão garantidas as contratações provenientes da ampliação do quadro pessoal da empresa, autorizada pelo Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest), vinculado ao Ministério do Planejamento. Este ano poderão ser contratadas 4.850 pessoas e, em 2015, 5.023, ou seja, um aumento de 9.873 funcionários. Além disso, o banco ainda precisará repor aqueles que saíram da empresa ou se aposentaram, por exemplo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here