Band desrespeita torcedora, clube vai à Justiça e programa sai do ar

0

A edição desta quarta-feira (21) do programa “Os Donos da Bola”, exibido pela TV Goiânia, afiliada da Rede Bandeirantes de Televisão em Goiás, gerou uma grande polêmica por conta de um quadro desrespeitoso com a Musa Esmeraldina 2018, Karol Barbosa, de 23 anos.

Publicidade

A ideia do quadro, chamado “Desafio das Musas”, era fazer perguntas relacionadas ao universo do futebol. Mas na prática foi tudo bem diferente. Os questionamentos tinham duplo sentido, conteúdo sexual, e acabaram humilhando a convidada, que é torcedora do clube.

“Se o seu nutricionista mandar você chupar uma laranja porque faz muito bem para a saúde, você chuparia um saco por dia?” e “em um clássico contra o Vila (Nova), se o juiz põe pra fora, você mete a boca?” foram algumas das perguntas feitas pelo apresentador Beto Brasil. Veja abaixo:

O Goiás ficou revoltado com o programa e, através de uma nota de repúdio, prometeu acionar a emissora na Justiça.

“O Goiás Esporte Clube se sentiu ultrajado com a maneira desrespeitosa e constrangedora com que a senhorita Karol Barbosa, eleita recentemente Musa Esmeraldina 2018, foi tratada no programa “Os Donos da Bola”, da TV Goiânia, afiliada da Rede Bandeirantes de Televisão, nesta quarta-feira, 21. (…) O Goiás Esporte Clube, através de seu departamento jurídico, tomará todas as medidas cabíveis visando a devida apuração dos fatos”, afirmou o clube.

Nas redes sociais, a indignação foi geral. Muitos internautas cobraram um posicionamento da Band e alguns até pediram a demissão dos responsáveis pelo programa.

Diante da polêmica, a TV Goiânia emitiu uma nota via Facebook e deu uma explicação confusa. Veja abaixo:

“Nós sabemos que vocês ficaram chocados com a entrevista que nós fizemos ontem a Musa do Goiás. E esse choque, é o nosso alívio! As perguntas com duplo sentido foram feitas pra que todos parassem um momento e pensassem a respeito do que várias mulheres sofrem todos os dias. O que aconteceu no quadro do nosso programa durou 05 minutos, mas várias mulheres passam por isso todos os dias. Esperamos que cada um que se revoltou, seja uma VOZ REAL na luta pela igualdade e respeito a todas as mulheres!”, disse a emissora.

A nota gerou mais críticas nas redes sociais e foi apagada minutos depois. Mas o Esporte ao Minuto conseguiu registrar a postagem com um “print”.

Depois disso, no fim da tarde desta quarta-feira (22), a TV Goiânia tomou a decisão de tirar o programa do ar, publicando uma nova nota.

“Sinceramente não tínhamos ideia dessa repercussão negativa. O quadro Desafio das Musas é esporádico no programa local Os Donos da Bola, e tem pitadas de humor e descontração. Mas em nenhum momento nossa intenção foi discriminar ninguém, muito menos as mulheres torcedoras do Goiás ou de qualquer outro time de futebol. Pedimos desculpas por quaisquer constrangimentos causados, e como prova de que não compactuamos com o conteúdo veiculado, nem qualquer tipo de discriminação, a emissora decide desde já pela RETIRADA do programa do ar. Estamos à disposição! Obrigado!”, disse a TV Goiânia na nota.

Em contato com o UOL, Karol Barbosa admitiu que ficou desconfortável com as perguntas de teor sexual.

Na edição desta quarta-feira (22) do “Os Donos da Bola”, antes de a TV Goiânia decidir tirar a atração do ar, o apresentador Beto Brasil se isentou de qualquer culpa e disse que o responsável era produtor e diretor do programa, Leandro Oliveira. Mas a explicação não convenceu quem criticou. Veja abaixo:

Confira abaixo, na íntegra, a nota de repúdio do Goiás:

O Goiás Esporte Clube se sentiu ultrajado com a maneira desrespeitosa e constrangedora com que a senhorita Karol Barbosa, eleita recentemente Musa Esmeraldina 2018, foi tratada no programa “Os Donos da Bola”, da TV Goiânia, afiliada da Rede Bandeirantes de Televisão, nesta quarta-feira, 21.

É, no mínimo, inquietante que um veículo de comunicação, que deveria contribuir com o crescimento cultural da sociedade, difunda pensamentos tão retrógados, que remetem a mulher como objeto, um típico comportamento preconceituoso, antiquado e degradante.

O clube esmeraldino se posiciona totalmente contrário a atitude absurda do programa “Os Donos da Bola” e reitera seu comportamento em busca de respeito ao ser humano, independente do gênero.

Tanto que, no último fim de semana, o Goiás esteve representado pelo gestor de marketing, João Grego, e pela supervisora de marketing, Jéssica Rezende, no 1º Seminário de Mulheres Esmeraldinas, evento pioneiro na região Centro-Oeste, que discutiu exatamente a importância da participação feminina no futebol, em especial no Goiás Esporte Clube.

Não é somente o futebol que não aceita mais estes comportamentos desrespeitosos com as mulheres, a sociedade em geral tem se posicionado de maneira firme contra aqueles que insistem em agredir de maneira grosseira o gênero feminino.

O Goiás Esporte Clube, através de seu departamento jurídico, tomará todas as medidas cabíveis visando a devida apuração dos fatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here