Família pleiteia R$ 6 milhões por morte no Centenário do Corinthians

0

Para milhões de torcedores, o dia 1º de setembro é motivo de festa pelo aniversário do Sport Club Corinthians Paulista. Para a família de Amanda Ferraz Geremias, atropelada de forma fatal pelo ônibus que transportava a delegação após a festa do Centenário, a data significa tristeza e saudade. Magoados com a postura dos dirigentes do clube, os familiares pleiteiam uma indenização de R$ 6 milhões por danos morais e materiais na Justiça.

A notícia continua após esta Publicidade

“A única coisa que o Corinthians fez foi pagar o caixão de R$ 500. Faltou muita coisa [por parte do clube], porque minha mãe ainda toma remédio e faz tratamento psicológico até hoje. Seria bom da parte deles telefonar, procurar saber como está a família. Mas não houve isso. Foi o ônibus do Corinthians que matou a minha irmã. Não estou falando de dinheiro, acho que deveria ter uma consideração a mais”, disse Andreia Ferraz Eduardo, 25 anos, auxiliar administrativa e meio-irmã de Amanda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here