Funcionários que vazaram imagens de Cristiano Araújo morto são demitidos por justa causa

0

Os dois funcionários da Clínica Oeste Tanatopraxia, em Goiânia (GO), responsáveis pela divulgação de fotos e de vídeo, nos quais o cantor Cristiano Araújo aparece sendo preparado para o velório, foram demitidos por justa causa na noite desta quinta-feira (25).

O vídeo mostra o momento em que o cadáver do cantor está com o peito aberto e sendo aspirado por um dos funcionários enquanto uma outra funcionária filma a ação. Inclusive, a funcionária vira o celular para si mesma, registrando seu rosto, além de pedir para o outro funcionário fazer “tchauzinho” e tirar a costela do rosto do cantor para que ela pudesse filmá-lo.

RTEmagicC_1a600e7201.jpg

Em nota divulgada pela clínica terceirizada nas redes sociais, a empresa informou que “repudia com veemência” o ato dos dois funcionários que, “de maneira mórbida”, gravaram e divulgaram as imagens do cantor.

Fonte ligada à funerária Paz Eterna, que contratou os serviços da terceirizada, afirma que os dois funcionários envolvidos no vazamento prestaram depoimento à polícia na madrugada desta sexta-feira (26). Ambos poderão responder pelo crime de vilipêndio a cadáver, que prevê de um a três anos de prisão mais pagamento de multa.

Quem também apura o vazamento de imagens é o Hugo (Hospital de Urgências de Goiás). Em um vídeo feito dentro da área restrita do hospital, o cantor aparece sendo atendido pelos médicos. Em nota, o hospital confirmou que as imagens foram gravadas dentro da unidade e que abriu uma investigação para encontrar o responsável pela gravação.

Fotos da namorada de Cristiano Araújo, Allana de Moraes, de 19 anos, também vazaram. Porém o corpo da jovem foi levado para Morrinhos, cidade onde aconteceu o acidente. A reportagem ainda não conseguiu contato com a clínica responsável pela preparação do corpo. Nas imagens que circulam pelas redes sociais, Allana aparece morta na rodovia e, em outras, em uma sala da clínica, tendo seu rosto reconstruído, que ficou desfigurado do lado esquerdo.

Nota na íntegra

“Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo a divulgação de imagens do corpo do cantor Cristiano Araújo, a Clínica Oeste vem a público informar que repudia com veemência o ato dos dois funcionários que, de maneira mórbida, gravaram e divulgaram tais imagens.

A clínica tem como procedimento orientar sua equipe que, inclusive, assina regulamento interno de trabalho e Ordem de Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho individual para cada caso, documentos estes que proíbem que toda e qualquer etapa do trabalho desenvolvido na empresa seja gravado, fotografado e, principalmente, divulgado.

Diante do erro cometido por dois funcionários de seu quadro profissional, a clínica informa que não é conivente com este tipo de conduta e que já tomou as providências legais para efetuar as demissões por justa causa.

A Clínica Oeste existe há quatro anos e reitera seu compromisso com a ética, a transparência, o zelo pela prestação do serviço e o respeito às famílias, e se solidariza com todos os que, como ela, repudiam tal ato.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here