Maria Bethânia responde processo por porte ilegal de arma de fogo

0

A cantora Maria Bethânia responde a um processo por porte ilegal de arma de fogo na Justiça do Rio de Janeiro. Dois policiais militares flagraram um homem armado com um revólver calibre 38 no dia 5 de junho, durante um patrulhamento de rotina no bairro de São Conrado, Rio de Janeiro.

Segundo o jornal Extra, ao ser abordado, Adevan Barbosa trabalhava se identificou como vigia para a cantora. Ainda segundo a publicação, ao ser abordado, o vigia pediu para que uma assessora da cantora o levasse até a mansão.


RTEmagicC_1724969704.jpg

Porém, como a mulher disse não ter encontrado o documento da arma, ele foi preso em flagrante e levado para uma delegacia no Leblon. O documento da arma, com data de 1997, foi apresentado na delegacia pela assessora em nome Maria Bethânia.

Ele alegou que só usava a arma no trabalho, apesar de ter sido encontrado afastado da casa. Ainda segundo o Extra, como a cantora não tinha permissão para portar ou transitar com o revólver, ela e o vigia foram indiciados por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Eles respondem ao processo na Justiça. A pena varia entre dois e quatro anos de reclusão.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here