Após divulgação de vídeo, candidata a prefeita se defende de discurso sobre desvio de verba

0

A candidata do PSD à prefeitura de Porto Seguro, que aparece em um vídeo debochando sobre um possível desvio de verba de orçamento da cidade, se defendeu da denúncia publicada no site do jornal O Globo em entrevista à TV Bahia nesta quinta-feira (23). Cláudia Oliveira disse que o vídeo, feito em um celular há dois anos, foi forjado com o objetivo de prejudicar a candidatura dela ao cargo municipal.

No vídeo, a favorita na disputa eleitoral da cidade baiana caminha junto com um grupo por uma pequena ponte feira de madeira quando simula o que seria um discurso para seus eleitores. “Estou visitando aqui meu povo, povo da periferia. Eu colocarei emendas, farei projeto para uma ponte que vai beneficiar aqui toda a comunidade. Uma ponte onde serão investidos dois bilhões. Um bilhão eu fico”, mostra o vídeo.

Para a TV Bahia, a candidata disse que não falou a palavra “bilhão”. “A gente estava falando a respeito dos peixes. Que queríamos comer um peixe, e eu falando que depois iríamos comer o agulhão [espécie de peixe]”, declarou Cláudia após afirmar que o celular onde o vídeo foi gravado havia sido furtado.

O marido da candidata, Robério Oliveira, que é prefeito da cidade vizinha Eunápolis, faz um alerta para a esposa no vídeo. “Ó rapaz, tá gravado, viu? Tá gravado tudo aqui. Tá tudo gravado e eu vou botar na Globo. Nessas coisas
que sai”, fala ele para a candidata que continua rindo.

Outras acusações
Cláudia, apontada como a favorita para a candidatura de prefeita em Porto Seguro, já foi acusada de compra de votos nas eleições de 2010 e seu marido é acusado por irregularidades na administração da prefeitura de Eunápolis, incluindo 19 ações por improbidade administrativa.

Robério Oliveira responde a acusações de desvio de verba federal. Ele é acusado pelo Ministério Público de superfaturar a construção de um hospital, além de contratação irregular de servidores, realização irregular de licitações e de obras pagas que nunca foram realizadas.

Em janeiro deste ano, o atual prefeito de Eunápolis chegou a ser condenado à perda dos direitos políticos por cinco anos, o motivo foi a utilização da verba do Ministério da Saúde para abastecer veículos da empresa de trios elétricos Axé & Cia, administrada por sua mulher, atual candidata à prefeitura de Porto Seguro. Robério recorreu da sentença e a decisão judicial está suspensa.

Em contato com o jornal O Globo, a assessoria de Cláudia Oliveira afirmou que o vídeo é uma montagem e que ela se referia a peixes, falando que ficaria com o “agulhão”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here