Caso New Hit: mãe de garota não consegue trabalhar nem sair de casa

0

adolescentes envolvidas no polêmico caso do suposto estupro por parte de integrantes da banda de pagode New Hit deu um testemunho emocionado, no ínicio da noite desta quarta-feira (29). A senhora, que preferiu não se identificar, relatou os momentos de angústias passados desde o último sábado (25).

“Elas estão recebendo muitas críticas. O povo fica apontando como se nós fôssemos as marginais. Eu sou uma mãe de família, não sou bandida. Não estou nem mais trabalhando. Não posso nem mais sair de casa. Não fiz nada de errado e elas também não.”, declarou, chorando, a mãe da garota.

A virgindade da garota, comprovada através de laudo médico, na opinião da mãe, é um indicativo de que nada foi feito com o consentimento das meninas. Segundo a acusação das adolescentes, o vocalista da banda, Dudu, teria estuprado a jovem com a ajuda de um integrante da grupo, que teria segurado a jovem.

“É difícil ver uma filha sair para ver um artista, para tirar uma foto, e fazerem isso com ela. Uma menina que nunca tinha sido tocada por ninguém. E não é mentira. Eu tenho laudo médico para comprovar. Ele (Dudu) rompeu o hímen dela. Ela está toda roxa por dentro. Não sei como teve coragem”, afirmou.

Para a mãe, os integrantes da banda devem ficar muito tempo na cadeia. “Foi uma brutalidade. Eles devem ficar lá. Não estão lá de férias. Eles têm que pagar pelos crimes que cometeram”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here