Cidadão solicita auxulio saúde, enquanto UPA e SAMU estão abandonadas em Ipirá

0

Nesta terça-feira (10) Carlos Alberto Ferreira da Silva conhecido por Caim, esteve na tribuna livre da Câmara de Vereadores de Ipirá para solicitar dos membros da casa um auxilio financeiro para que possa pagar a locação de uma UTI Móvel que o transportou para Feira de Santana, no período em que ele sofreu um infarto em (07) de fevereiro passado. Segundo Carlos Alberto, diante da gravidade do seu quadro clínico e da falta de uma UTI Móvel em Ipirá, a sua filha locou este veículo em Feira de Santana para que ele fosse transportado com urgência, diante da situação crítica em que ele se encontrava, já que o Hospital Municipal de Ipirá não dispõe de um leito de UTI.

Após recuperação do seu quando de saúde, Carlos Alberto não tem como pagar a locação da ambulância de UTI Móvel. Diante da situação, ele tomou a iniciativa de fazer esse apelo em público.

DSC0002-620x310

Como se não bastasse, o município de Ipirá está com duas ambulâncias do SAMU expostas ao sol e a chuva no estacionamento da Prefeitura sem sequer prestar um único serviço à população e uma Unidade de Pronto Atendimento UPA, praticamente pronta e abandonada, conforme trechos de matérias a seguir.

SAMU
Ambulância do SAMU recebidas há mais de três anos pelo município de Ipirá está até então, sem prestar um único serviço à comunidade. Foi alugada uma casa para servir de base, porém nunca entrou em funcionamento e os veículos permaneceram guardados e um deles exposto ao sol e a chuva.

Quando se imaginava que as unidades móveis de saúde entrariam em funcionamento, para espanto de todos, as ambulâncias foram transportadas para o pátio da prefeitura, onde estão expostas as intempéries do tempo como mostram as imagens.

UPA
De acordo com os moradores do bairro Mirante em Ipirá, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em construção desde governo do ex-prefeito, Diomário Sá, nunca atendeu sequer um paciente e parece que não vai funcionar tão cedo.

A frente do local está tomada pelo mato, e lá dentro a estrutura está comprometida, com infiltrações e janelas quebradas. A população de Ipirá que sofre para conseguir atendimento nas unidades de saúde do município acreditava que a UPA traria benefícios, mas até agora foi só dinheiro público desperdiçado.

O equipamento está servindo unicamente para os vândalos que sem uma vigilância depredam as portas e janelas de vidros, em quanto isso dezenas de pacientes estão enfrentando filas enormes para poder ser atendidas, configurando assim uma verdadeira falta de respeito com o povo ipiraense.

Como ano eleitoral é considerado pelos políticos que estão no poder, como ano mágico, provavelmente a UPA, Esgotamento Sanitário, SAMU, Iluminação da Avenida de Contorno, reforma do hospital, Matadouro, novas viaturas policiais, asfaltamento de ruas e outros benefícios serão entregues à população de Ipirá até outubro deste ano.

Caboronga Notícias

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here