Círculos misteriosos aparecem em plantação em Santa Catarina

1

O aparecimento de dois grandes círculos de cerca de 19 metros de diâmetro, distantes menos de um quilômetro um do outro, transformou a pacata cidade de Ipuaçu, no interior de Santa Catarina, em um ponto turístico na região. As figuras foram vistas pela primeira vez no sábado (8) em duas plantações distintas, de triticale e de trigo e, desde então, a população procura uma explicação sobre o que aconteceu. 

A informação sobre o aparecimento dos círculos foi enviada pelo internauta Eduardo Isidoro Gasparrini, de Blumenau (SC). “O que mais intriga a todos é que não há sinal ou rastros de máquinas ou pessoas que pudessem ter feito essas circunferências perfeitas. Também não havia sinal de fumaça, palhas queimadas ou quebradas”. “Os círculos ainda são delimitados por uma faixa de 30 a 40 centímetros com plantas em pé, após essa faixa existe outra de dois metros de largura com as plantas deitadas no mesmo sentido horário.”

A polícia visitou as duas propriedades para apurar o que aconteceu. “Não tem o que explicar. Não se pode afirmar nada. O que dá para dizer é que não tem como uma máquina ter feito aquelas figuras, porque, neste caso, deixaria rastros de pneus pela lavoura”, indica Milton Jair Lira, comissário de polícia de Ipuaçu.

Uma das figuras surgiu na propriedade do agricultor Nilton Biazotto. Ele contou  que foi ao local após uma chuva e viu que havia surgido um círculo enorme na plantação. “Não tenho idéia de como aquilo apareceu, mas acho muito estranho”, afirma Biazotto, que mora há 21 anos na propriedade e nunca viu algo parecido. “Não havia rastro de máquina ou qualquer pessoa que pudesse ter feito aquilo”.

O outro círculo surgiu na propriedade de Inésio Trentin. Segundo a mulher dele, Clarissa Trentin, a família pensou se tratar de “desaforo” de alguém. “Tem muita gente invejosa quando vê alguém está indo bem na vida”, afirmou. Desde então, a propriedade tem sido invadida por curiosos. “Eles acabam pisando no terreno e estragando a plantação.”

Segundo Clarissa, muitas pessoas na cidade estão assustadas com o que aconteceu. Católica, ela diz não acreditar se tratar de “uma mensagem do céu”. “Se fosse algo feito por disco voador ou uma mensagem do céu as pessoas deviam colher um pouco do trigo e levar para casa”, afirma. “Para mim, o milagre só existe quando a gente trabalha.”

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here