Como fazer financiamento de veículo sem entrada? Veja na matéria o passo a passo

0
Comprar um carro é um dos desejos mais comuns dos brasileiros. Para realizá-lo, no entanto, é preciso planejamento e disciplina. Há várias opções para tornar isso possível, uma delas é o financiamento.
Nesse momento, muitos ficam com a dúvida: é possível comprar carro e fazer o financiamento sem entrada? A resposta é sim, é possível! No entanto, alguns itens devem ser levados em consideração.
Abaixo listamos alguns itens a serem analisados que mostram as vantagens e desvantagens que você tem ao optar por um financiamento sem entrada comprando seu veículo. Vamos lá?!
#1 Vantagens do financiamento sem entrada
O primeiro passo dos agentes financeiros como referência para a liberação do crédito é a consulta do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF). Se estiver com um cadastro positivo e com um bom score, você terá consolidado seu histórico de bom pagador e isso facilitará liberação de crédito para os financiamentos, além de poder contar com taxas de juros mais baixas.
Nestes casos, o financiamento de veículo sem entrada é interessante, pois é possível voltar para casa de carro novo, sem desembolsar nada de imediato e o pagamento será parcelado. Aproveite e leia o nosso texto sobre o que precisa para ter um financiamento aprovado.
No entanto, comprar um veículo sem dar entrada torna-se desvantajoso ao longo prazo. E por que isso acontece? Entenda melhor no próximo item.
#2 Desvantagens do financiamento sem entrada
As taxas de juro aplicadas costumam ser altas para quem escolhe comprar o seu carro sem entrada. Além disso, quanto maior for o número de parcelas, maiores serão os juros e o valor final pago pelo carro. Neste texto explicamos essa lógica dos bancos, mas de maneira resumida o que acontece é que quanto menor a entrada, maiores são as chances de inadimplência, e, por isso, os bancos cobram mais juros.
Então fique de olho, pois se você quiser comprar um carro com financiamento sem entrada em 60 meses, por exemplo, independente do banco que em financiar, as chances de chegar ao final do financiamento e ter pago, literalmente, quase dois carros, são grandes.
#3 Aprovação dos bancos para financiamento sem entrada
Cada banco adota uma prática para estabelecer os juros nas vendas a prazo. Atualmente são raros os bancos que financiam sem entrada, uma vez que a taxa de inadimplência entre quem opta por essa modalidade chega a 75%. Ou seja, é possível financiar sem entrada, mas as chances são pequenas.
A maioria dos bancos e financeiras tem adotado como princípio para compra uma entrada de pelo menos 20% do valor total do veículo, variando de acordo com a ficha de cada consumidor. Nesses casos com entrada, a chance do financiamento ser aprovado são maiores.
Mas se você tiver sorte e tiver seu crédito aprovado sem entrada um fato é certo: você pagará mais juros. Por exemplo, ao financiar com 50% de entrada você provavelmente pagará uma taxa de juros até 150% menor se fosse fazer um financiamento sem entrada.
Isso quer dizer, se em um financiamento com 50% de entrada você pagaria R$ 10 mil de juros, já fazendo sem entrada o valor dos juros poderia chegar a R$ 30 mil.
 
#4 Quais carros aprovam sem entrada?
Não existe um carro ou marca em específico que seja mais fácil aprovar sem entrada. Mas levando em consideração uma das mais rigorosas regras de bancos e financeiras podemos afirmar que carros com até 5 anos de uso tem mais chances de serem aprovados para compra sem entrada.
O motivo é simples: quanto mais novo o carro é, menor é o risco de inadimplência para os bancos e financeiras, pois as chances do veículo estragar e o cliente deixar de pagar o financiamento é menor do que em relação a modelos mais antigos. Ou seja, o que define as taxas de juros e aprovação do financiamento não é o produto em si, mas o risco que as instituições bancárias assumem ao emprestar dinheiro.
Outro ponto importante é a categoria do veículo. Em geral, a taxa de inadimplência é maior entre financiamento de utilitários, portanto, para esse tipo de veículo também há maior dificuldade em conseguir crédito.  Quando dizemos utilitários estamos falando sobre modelos como Doblò, Kangoo, entre outros.
Quer saber mais? Separamos mais dicas extras que irão te ajudar na compra de veículos.
#5 Bônus: Faça pesquisa para financiamento sem entrada
Ao longo do nosso texto você deve ter concluído que havendo a possibilidade,  o ideal é poupar o dinheiro e usar este valor de entrada no financiamento. Além disso, uma dica valiosa é não restringir a pesquisa apenas a uma loja. É comum que ter uma grande variação de preço entre diferentes grupos concessionários, devido ao estoque disponível. As variações na avaliação do carro que será dado em troca também podem ser expressivas.
#6 Bônus: Preços promocionais
Antes de ir à loja, procure saber se os modelos desejados têm versões com preços promocionais. Esse valor serve como ponto de partida para a negociação e quem sabe, conseguir fazer um financiamento sem entrada.
#6 Bônus: Gastos extras
Ao calcular se a prestação cabe no bolso, não esqueça de considerar os gastos extras ao longo do ano, como revisões, seguro e licenciamento.
Por isso, pesquise os valores do mercado e encontre as melhores opções de compra que se encaixem no seu orçamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here