Dois suspeitos de sequestrar presidente da Câmara e secretário de João Dourado morrem em confronto com a polícia

0

Dois homens suspeitos de sequestrarem o presidente da Câmara de Vereadores da cidade baiana de João Dourado, Marcos Paraná, e o secretário de Transportes do município, Marcos Oliveira, morreram em confronto com policiais militares, na cidade de Casa Nova, no norte da Bahia.

A troca de tiros ocorreu no domingo (19). De acordo com a polícia, a dupla e mais dois suspeitos teriam roubado um carro na cidade de Petrolina, em Pernambuco, horas antes do confronto, e estariam fugindo para Casa Nova, quando o veículo quebrou e eles ficaram parados na rodovia.

Conforme a polícia, o dono do carro, pegou um ônibus para voltar para Casa Nova, passou pelo local, viu os suspeitos e acionou a polícia. Os agentes estiveram no local, foram recebidos a tiros e revidaram, segundo a polícia. Durante a ação, os dois suspeitos morreram e os outros dois comparsas conseguiram fugir.

De acordo com a polícia, a suspeita do envolvimento dos suspeitos no sequestro surgiram depois que os celulares do presidente da Câmara e do secretário de João Dourado, cidade também no norte do estado, foram encontrados com os homens. O crime ocorreu na tarde da última sexta-feira (17). Nenhuma das vítimas se feriu.

Segundo a polícia, os suspeitos foram identificados como Jhonni Pereira da Silva, de 22 anos, e Alexandro da Silva, de 36 anos. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) da região, onde foram periciados. Os outros dois suspeitos são procurados pela polícia.

O Sequestro

De acordo com informações da Polícia Civil, as duas vítimas do sequestro seguiam em um carro para o povoado de Descoberta, em João Dourado, enquanto em um outro veículo, à frente, seguiam a vereadora Maria Fernandes e o marido dela. No trajeto, quatro homens abordaram o carro onde estava a vereadora, roubaram os celulares dos passageiros e os liberaram para seguir viagem.

Depois, o grupo abordou o carro com o presidente da Câmara e o secretário de Transportes, que foram levados. Marcos Paraná e Marcos Oliveira foram liberados por volta das 22h, no município de Barra do Mendes, a cerca de 80 km de João Dourado. Os bandidos levaram o carro onde as vítimas estavam.

A polícia informou que os bandidos não pediram dinheiro para liberar as vítimas e que, segundo depoimentos Marcos Paraná e Marcos Oliveira, os criminosos disseram que queriam utilizar o veículo, que seria devolvido. No entanto, o carro ainda não foi encontrado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here