Filha do ministro Crivella salta do carro em movimento para fugir de sequestro-relâmpago

0

Deborah Crivella foi abordada ao sair de um templo da IURD

Filha do senador Marcello Crivella, atual ministro da Pesca, a arquiteta Deborah Crivella, 30, foi vítima de um sequestro-relâmpago, em Brasília segundo registro na 1ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal . A delegada Mabel Alves de Faria relatou que a vítima foi abordada na comercial da 408 Sul e conseguiu se livrar dos sequestradores ao pular do carro em movimento, próximo ao Setor O, em Ceilândia.

Em sua página na rede de microblogs Twitter, Deborah comentou os momentos em que passou sob a ameaça dos sequestradores, na tarde passada. Ela confirmou ter sido abordada por um bandido armado na saída Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Segundo o relato na rede social, a reação dela foi a de tentar espantar o bandido: “Na minha vida você não toca”.

“O cara apontou a arma para mim e a única coisa que eu soube fazer na hora foi gritar: ‘Você está amarrado em nome de Jesus, na minha vida você não toca’. Agora já estou bem. Jesus me livrou de todo mal. O meu Deus é grande e poderoso”, disse Deborah.

Em outra mensagem, esta destinada ao cantor gospel Thales Roberto, Deborah Crivella escreveu: “Hoje durante o meu sequestro, pedi para o bandido para eu ligar suas musicas (músicas do cantor)… Ele foi ouvindo e chorando.”

“Por enquanto estou sem o celular. Vão-se os anéis, mas ficam os dedos”, acrescentou.

Segundo a delegada Mabel Faria, o bandido abordou a vítima na 408 Sul e a obrigou a dirigir seu carro, um Hyundai I35. O homem obrigou Deborah a dirigir até a região de chácaras de Ceilândia, onde ela conseguiu fugir pulando do carro. Não há informações se ela ficou ferida. O veículo foi levado pelo sequestrador. A polícia ainda não tem pistas do suspeito. Segundo a Secretaria de Segurança, na semana passada aconteceram 16 sequestros-relâmpagos no DF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here