Lei obriga alunos a rezarem o “Pai-Nosso” nas escolas de Ilhéus

0

Uma lei publicada no Diário Oficial da cidade de Ilhéus, sul da Bahia, provoca polêmica: o decreto nº 3.589, de 12 de dezembro de 2011, aprovado pela Câmara Municipal e sancionado, obriga estudantes e professores a orarem o “Pai-Nosso” antes das aulas em todas as escolas municipais. O ponto polêmico da questão é a liberdade religiosa, pois existem outras denominações que não proferem a oração cristã por questões de princípios históricos de cada doutrina e também há pessoas que não acreditam em religiões. O internauta Ramon Davi, estudante de Salvador, ateu, acredita que a lei é anticonstitucional. “Não é possível que em pleno século XXI um país que se diz andar a passos largos rumo ao primeiro mundo seja capaz de aceitar e até mesmo obrigar garotos em formação a terem de realizar tal ato”, declarou no Facebook. Outros usuários de redes sociais, que comentam o caso, questionam o papel laico do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here