Loja vende geladeira R$ 200 mais cara na Black Friday e gerente é levado para delegacia na Bahia

0

O gerente de uma loja da loja Casas Bahia, em Salvador foi conduzido para a Delegacia de Defesa do Consumidor (Decom), na manhã desta sexta-feira (24), pois o estabelecimento, localizado em um centro de compras no bairro da Barra, estava vendendo uma geladeira R$ 200 mais cara durante a Black Friday. A informação é da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Por meio de nota, a assessoria da loja de eletroeletrônicos e móveis informou que não foram encontradas irregularidades no caso em questão por tratarem-se de produtos diferentes, sendo um participante da campanha Black Friday e o outro não. A empresa informou ainda que todos os itens que estavam na promoção estão sinalizados com selo.

Além do gerente das Casas Bahia, outros dois gerentes de duas lojas distintas de um shopping na região do Caminho das Árvores, foram conduzidos para a Decom para prestar esclarecimentos sobre propaganda enganosa.

A condução dos gerentes faz parte da Operação Black Friday realizada pela Decom, Procon e Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecom). De acordo com a titular da Decom, Idalina Otero, na loja onde a geladeira mais cara foi encontrada, foi constatado que ela custava R$ 1.299 antes da promoção e na Black Friday estava por R$ 1.499.

O teor da denúncia dos outros dois gerentes não foi especificado pela polícia. A delegada informou apenas que constatou que alguns produtos das três lojas não tinham etiquetas que informassem se o produto estava ou não na promoção, induzindo assim o consumidor ao erro.

Os estabelecimentos foram autuados pela Codecom e foram abertos inquéritos para apurar o crime de propaganda enganosa. A polícia informou, ainda, que, após os gerentes serem ouvidos, será avaliado se as lojas serão enquadradas no artigo 37 do Código de Defesa do Consumidor ou na Lei 8.137, que aborda sobre crimes contra a ordem econômica. Caso seja enquadrado na lei, a pena pode ser de dois a cinco anos mais uma multa que deve ser estipulada pela Justiça.

A SSP-BA informou, ainda, que a operação fiscalizou 20 lojas nesta sexta-feira. O trabalho continua até o final do dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here