Mulher tira a roupa após ser barrada em agência bancária

0

Uma mulher revoltada por ser barrada pelo detector de metais em uma agência bancária de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, resolveu tirar a roupa e mesmo despida, não conseguiu passar pela porta de vidro na tarde desta segunda-feira (14). Um vídeo mostra o momento em que ela força a porta seminua dizendo “eu sou hipertensa”.

Maria da Conceição, de 53 anos, tentou por diversas vezes acessar o interior da agência da Caixa Econômica Federal da Avenida Assunção, onde precisava dar entrada em um benefício trabalhista. Segundo ela, após várias tentativas sem sucesso e ouvir o deboche de um segurança, o nervosismo a levou a tirar quase toda a roupa. Ela passou mal e precisou ser socorrida por pessoas que estavam na fila.

link-zap
Loading...

mulher pelada

“Tirei tudo que tinha na bolsa e mesmo assim apitou. Falei pra ele [segurança] que não era nenhuma bandida. Perguntei se ia ter que tirar a roupa e ele falou que, se eu quisesse entrar, ia ter que tirar até não apitar mais”, relatou a senhora.

Maria ainda contou que ameaçou chamar a polícia, mas ouviu mais deboches dos seguranças da agência. “Falaram que eu podia chamar a polícia. Não sabia mais o que fazer. Passei quatro, cinco vezes”.
No vídeo gravado por uma cliente da agência que não quis se identificar, é possível ouvir a indignação de quem estava no local. Vendo o desespero da mulher, uma cliente chega a questionar o segurança dizendo “o que mais ela pode tirar”.

“Perdi o controle. Fiquei muito nervosa. Quando me dei conta, já tinham umas 50 pessoas vendo aquilo e comecei a passar muito mal”, contou Maria, que precisou ser socorrida com uma cadeira de rodas. Ainda segundo ela, uma pessoa que estava na fila a ajudou a tomar os remédios para pressão e ligar para seu filho, que trabalhava no momento. Maria Conceição é auxiliar de serviços gerais em uma escola municipal em Unamar, onde mora. Ela ainda esclareceu que não usa marcapasso.

De acordo com o filho de Conceição, Flávio, no fim da tarde ela ainda passava mal, com fortes dores no peito. Ela foi levada para a UPA da cidade, onde precisou tomar morfina e fazer exames. Ela continua em observação. Ainda segundo Flávio, a família irá entrar com uma ação na Justiça pelo ocorrido na tarde desta segunda.

Em nota, a assessoria da Caixa Econômica Federal informou que as portas giratórias são utilizadas por todos os bancos para impedir o acesso de pessoas armadas às agências, e nunca para criar obstáculos aos usuário.

“A Caixa Econômica Federal esclarece que utiliza portas automáticas giratórias com detectores de metal em suas agências, de acordo com a Lei 7.102/83, que disciplina o sistema de segurança em estabelecimentos financeiros em todo o território nacional. O objetivo é proteger os clientes, seus empregados e patrimônio. A Caixa ressalta que tem foco constante na qualidade do atendimento aos seus clientes e por isso investe constantemente em modernização de equipamentos, sistemas de Tecnologia da Informação, contratação e treinamento de pessoal”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here