NASA detectou explosão de meteoro próximo à atmosfera terrestre

0

Uma explosão de um meteoro foi detectada pela NASA em dezembro de 2018, por cima do Mar de Bering, a 25,6 quilômetros de distância da atmosfera terrestre. Medindo vários metros em diâmetro, o meteoro se desgarrou de um asteroide próximo e sua explosão teve poder estimado em 173 kilotons — a segunda mais poderosa dos últimos 30 anos e um pouco menor do que o Meteoro de Chelyabinski, que caiu na Rússia em 2013 (ou 10 vezes a força da Bomba de Hiroshima).

O meteoro em questão estava viajando a uma velocidade de 32 km/s, com angulação de sete graus em sua trajetória.

A notícia continua após esta Publicidade

“Essa potência tem 40% da dispensa de energia vista em Chelyabinski, mas como esta ocorreu acima do Mar de Bering, não teve o mesmo efeito nem tampouco apareceu na mídia”, disse Kelly Fast, gerente do programa de observação de objetos próximos à Terra, na NASA. “Isso é outra coisa que temos em nossa defesa: tem muita água no planeta”.

O doutor Lindley Johnson, oficial de defesa planetária da NASA, disse que um evento assim costuma ocorrer uma vez a cada 100 anos. Ele explica que a explosão foi detectada por satélites da Força Aérea americana, que notificou a agência espacial. No momento, a NASA está confirmando se houve alguma vista prática da explosão, que ocorreu próxima de rotas comerciais áereas.

O piloto e consultor de aviação da Universidade de Oxford, Simon Proud, publicou em seu perfil no Twitter algumas imagens feitas pelo satélite japonês Himawari.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here