PMs impedem suicídio de suposto desafio da ‘baleia azul’

0

Policiais militares desconfiaram da atitude de quatro adolescentes em um ponto de ônibus na BR-070, próximos ao Condomínio Privê, na Ceilândia, nesta sexta-feira (5). Segundo os agentes, eles choravam e se abraçavam, enquanto um deles tentava se jogar na pista e os demais tentavam impedir. Como alguns eram surdos e mudos, um policial deu um papel para uma das meninas, que escreveu “baleia azul”.

O grupo era formado por duas meninas e dois meninos, com idades de 14 a 16 anos, todos estudantes da Escola Bilíngue de Taguatinga. Os colegas tentaram impedir que a menina que fez a denúncia escrevesse no papel, segundo divulgado pelo Correio Braziliense.

Horas depois de flagrados, os adolescentes foram entregues aos seus pais, que tiveram de assinar um termo de entrega e foram orientados a procurar acompanhamento médico e psicológico. A diretora da escola confirmou o caso, mas não quis comentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here