Pokérruptos transforma os políticos brasileiros em simpáticos monstros

0

A febre de Pokémon Go invadiu a política. Um publicitário brasiliense, que pediu para não ser identificado, lançou uma sátira chamada Pokérruptos, que transforma personagens como Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Renan Calheiros (PMDB-AL), Lula (PT), Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB-MG) em monstrinhos até simpáticos.

A ideia do jovem era criar um produto que misturasse diversão e crítica política. “É isso que marca a comédia”, lembra o publicitário. Ao consolidar o projeto, ele pediu apoio a um amigo e começaram a desenhar os Pokérruptos.

A partir daí, eles selecionaram os políticos que iriam associar aos monstrinhos. “Abrimos a ‘pokédex’ e vimos todos os pokémons. Em seguida, fomos ligando aos personagens, alguns foram pelas características físicas, outros pelos nomes. Fizemos questão de envolver todos os partidos”, explicou.

pokerruptos

O jogo, no entanto, não será um app de celular, como Pokémon Go. O game funciona como o jogo de cartas Super Trunfo. Eles produzirão um deck com 32 cartas, cada uma de um político diferente. As sugestões são coletadas no perfil @Pokerruptos, no Twitter.

Cada personagem possui habilidades específicas, como as tornozeleiras, habeas corpus e outras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here