Porsche turbinado bate a 150 Km/h em São Paulo

1

Um Porsche turbinado em alta velocidade bate em um Hyundai Tucson matando uma pessoa e deixando outra gravimente ferida por volta das 2:45 Hs da madrugada deste sábado (9/7). O acidente aconteceu na Rua Tabapuã próxima à esquina com a rua Bandeira Paulista.

Publicidade

Segundo a pericia o Porsche estava a 150 Km/h  quando se chocou contra o Hyundai.  Os dois carros foram parar em um poste, um em cima do outro. A motorista do Tucson, Carolina Menezes Cintra Santos, advogada de 28 anos, morreu na hora e o motorista do Porsche, um empresário de 36 anos, ficou ferido e foi levado para o Hospital São Luiz. Até as 12h, o hospital não havia informado o estado de saúde dele.

Segundo a polícia, testemunhas disseram que a motorista do Tucson havia ultrapassado o sinal vermelho e que estava em baixa velocidade. Após a colisão, o carro da advogada foi lançado a uma altura de 50cm até bater no poste.

A polícia não descarta que o motorista do Porsche estivesse embriagado no momento do acidente. Até o final da manhã deste sábado, porém, não foi realizado nenhum exame para comprovar a hipótese. Segundo o delegado, o motorista do Porsche admitiu durante depoimento colhido no hospital ter tomado “uma ou duas taças de vinho”.

O empresário será indiciado por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Isso porque, segundo a polícia, ao dirigir em alta velocidade ele assumiu o risco de causar um acidente. Ainda segundo a polícia, ele deverá ser preso assim que receber alta. Uma escolta policial está no hospital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here