PRF inicia na Bahia a Operação São João

0

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia realizará, entre 0h de quinta-feira (21) e 23h59 de segunda-feira (25), a Operação São João 2018. Em virtude do tradicional feriado de São João, que acontece domingo (24), é esperado um crescimento significativo no fluxo de veículos nas rodovias federais do estado, com momentos de pico nos dias 22 e 24.

Publicidade

Durante esta operação, os policiais rodoviários federais reforçarão trechos estratégicos nas rodovias federais que cortam o estado. A operação faz parte do calendário de comandos especiais desenvolvidos com o objetivo de aumentar a fiscalização e a vigilância policial nos feriados prolongados, visando a impedir que a elevação do fluxo de veículos possa contribuir para ocorrências de acidentes graves, além de implementar as ações de policiamento para repressão à criminalidade.

Na Bahia, o período junino é considerado uma das maiores festas regionais do Brasil e principal evento de interiorização do turismo. Em razão da dimensão do evento, todos os anos a PRF monta uma Operação com o objetivo de reforçar a presença e a fiscalização nos locais com aumento considerável no fluxo de veículos, e também de orientar o trânsito nos acessos a eventos, públicos ou privados, que causem impacto significativo nas rodovias federais.

Algumas cidades se destacam e merecem atenção especial da PRF no período junino, como por exemplo, a cidade de Senhor do Bonfim//BA, que fica cerca de 380 km de Salvador, no qual apresenta como ponto turístico uma famosa festa de forró, que causa impacto direto na BR 407, com um público estimado em mais de 15.000 foliões/dia, e outra festa, em Cruz das Almas/BA que dista de Salvador, capital do Estado, 146 km por rodovia (BR 101) em conexão com a BR-324 (Salvador-Feira de Santana). O sudoeste baiano também se destaca pelas atrações conhecidas nacionalmente, que somado às festividades em praça pública fazem convergir para a cidade de Jequié milhares de pessoas em busca de diversão.

O planejamento da operação levou em consideração a análise da região neste período, como também as análises de dados estatísticos, com foco no comportamento dos motoristas e nas características dos acidentes considerados graves, ou seja, acidentes fatais ou com vítimas feridas gravemente. Essas análises permitiram direcionar as ações de prevenção, fiscalização, socorro às vítimas de acidentes etc. A otimização dos recursos humanos e materiais possibilita melhoria na fiscalização para coibir comportamentos de risco como: ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e a mistura fatal de álcool e direção.

No período junino, a Superintendência Regional da Bahia (SRPRF/BA) receberá o incremento de 30 policiais lotados em outras regionais onde o São João não afeta de maneira tão significativa o trânsito quanto na Bahia. Serão PRFs de Acre, Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e São Paulo. Eles trabalharão integrados aos 495 policiais da Bahia, em escala de revezamento, envolvidos na Operação.

O excesso de velocidade é a infração de trânsito mais cometida nas rodovias federias do estado. Responsável também por um número expressivo de acidentes, essa prática expõe o seu autor e os demais usuários a risco de acidentes com consequências graves. Ciente disso, a PRF operará com 11 radares medidores de velocidade portáteis, dispostos ao longo dos pontos com maior probabilidade de ocorrerem acidentes. Além dos equipamentos portáteis, estarão em operação os radares fixos ao longo das BRs 324 e 116.

Outra prática a ser combatida é de dirigir sob efeito de álcool.
Tradicionalmente, o São João é uma festividade em que o consumo de bebidas alcoólicas é elevado. Pensando nisso, para evitar que os motoristas peguem a estrada com a sua condição psicomotora alterada, a PRF intensificará a fiscalização de alcoolemia. Serão 101 equipamentos distribuídos nas viaturas e nas Unidades Operacionais, permitindo ao policial efetuar o teste em qualquer abordagem ao longo dos trechos fiscalizados.

Serão empregados ainda equipes de policiamento especializado do Núcleo de Operações Especiais (NOE), dos Grupos de Patrulhamento Tático (GPT) e do Grupo de Motociclistas da Regional (GMR). Essas equipes atuarão de acordo com as suas especificidades, realizando, além da fiscalização de trânsito, o enfrentamento à criminalidade. No caso do GMR, atuarão na fiscalização específica de veículos de duas rodas, tornando-a mais eficiente e segura. Haverá também a participação da Base de Operações Aéreas, onde policiais com auxílio de uma aeronave da PRF realizarão ações de patrulhamento e resgate aeromédico.

Pontos de maior fluxo e maior fiscalização
BR 324 – Entre Salvador e Feira de Santana;
BR 324 – Entre Feira de Santana e Capim Grosso;
BRs 324 e 116 – Anel Viário de Feira de Santana;
BR 116 – Euclides da Cunha, Itatim e Jequié;
BR 407 – Entre Capim Grosso e Juazeiro, com ênfase nas proximidades de Senhor do Bonfim;
BR 101 – Entre a saída para a BR 324 até Santo Antônio de Jesus;
BR 101 – Entre Itabuna e Eunápolis;
BR 415 – Principalmente nas proximidades de Ibicuí;
BR 367 – Entre Eunápolis e Porto Seguro.

A BR 324 é a rodovia baiana onde há o maior crescimento de fluxo no São João. Historicamente, a concentração de veículos gera grandes congestionamentos, fazendo a viagem entre Salvador e Feira de Santana durar mais de cinco horas. Em virtude disso, salientamos a existência da Declaração de Acidentes de Trânsito (DAT) que é uma ferramenta que permite aos condutores envolvidos em acidentes sem vítimas nas rodovias federais registrarem a ocorrência pela internet. A declaração eletrônica que substitui o boletim elaborado pessoalmente pelos Policiais Rodoviários Federais (PRFs), é um serviço gratuito, reconhecida pelas seguradoras de veículos e por demais órgãos de trânsito. O DAT está disponível aos usuários das rodovias em todo o país através do endereço eletrônico www.prf.gov.br/acidente.

Rotas alternativas:

Rota para BR 101 norte: Salvador (via paralela) x Rodovia CIA/Aeroporto x Camaçari (Via parafuso) x BA 093 até a entrada de Lamarão x BA 512 (26 km de ligação entre Camaçari e São Sebastião do Passé) x BR 110 (ligação entre São Sebastião do Passé e Alagoinhas) x BR 101;

Rota para BR 101 sul: Salvador (via paralela) x Rodovia CIA/Aeroporto x Camaçari (Via parafuso) x Candeias (via canal de tráfego) x São Francisco do Conde (via BA 522) x Santo Amaro (via BA 120) x Cachoeira (via BA
120 x São Félix (via BA 120 x Muritiba (via BA 120) x BR 101.

Fiscalização por videomonitoramento na BR 324

Neste São João, a PRF realizará a fiscalização de infrações de trânsito na BR 324 também por meio das 36 câmeras de videomonitoramento instaladas ao longo da rodovia. Haverá pelo menos um policial dedicado exclusivamente a observar as imagens e autuar condutores que cometerem infrações, principalmente transitar pelo acostamento, realizar retornos em locais proibidos, entre outras.

De longo alcance, os equipamentos podem ser operados remotamente pelo policial, sendo permitido a ele aproximar e mudar o ângulo da imagem para uma melhor visualização da cena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here