SSP discute melhorias nos sistemas de telecomunicações

0

Como diminuir o tempo de atendimento de urgência e emergência para o cidadão. Esse é o objetivo central das discussões do 1° Seminário Nacional de Telecomunicações em Segurança Pública, que tem como tema ‘Comunicação Operacional para Proteger e Salvar Vidas’. Iniciado nesta terça-feira (16), no Centro de Operações e Inteligência 2 de Julho, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, o evento se estende até quarta (17), quando é comemorado o ‘Dia Internacional das Telecomunicações’.

Uma pequena exposição de equipamentos na entrada do auditório, mostrando a evolução dos equipamentos da área, também pôde ser conferida. Promovido pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), por meio da Superintendência de Telecomunicações (Stelecom), o seminário, como destacou o subsecretário Ary Pereira de Oliveira na abertura, “dá segmento a um conjunto de ações, que visa prover, aos órgãos de segurança pública e defesa social do nosso estado, recursos tecnológicos com o propósito de otimizar o trabalho e atender à sociedade”.

De acordo com o superintendente da Stelecom, tenente-coronel Antônio Carlos Silva Magalhães, não se pode perder tempo no pronto atendimento, pois a atuação é sempre focada na preservação de vidas e de patrimônios. “Trotes, especificidades de cada tecnologia, videomonitoramento e relação entre os sistemas e as unidades na ponta são alguns dos temas que discutiremos ao longo da jornada”, explicou.

Centros integrados

Magalhães lembrou ainda que, além de Salvador e região metropolitana, a Stelecom coordena 12 Centros Integrados de Comunicações (Cicom), nas cidades de Alagoinhas, Porto Seguro, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Jequié, Itaberaba, Ibotirama, Juazeiro, Paulo Afonso, Senhor do Bonfim e Santo Antônio Jesus. Outros 11 Cicoms estão prestes a serem inaugurados.

“É um evento importantíssimo para o setor, envolvendo profissionais que representam empresas de tecnologia de ponta e gestores, mostrando a importância social desse tema, e a necessidade de investimento constante, seja dos municípios, estados e da União”, afirmou a diretora de tecnologia e telecomunicações da Secretaria da Segurança Pública de Minas Gerais, Adriana Aranha Santana, participante do seminário. A programação completa está disponível no site da SSP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here