Suzane von Richthofen deixa prisão para “saidinha” de Dia das Mães

0

Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão por planejar e matar os pais em 2002, deixou na manhã desta quarta-feira (8) a penitenciária feminina de Tremembé, no interior de São Paulo, para o indulto do Dia das Mães. Ela deixou a unidade prisional por volta das 8h10 e saiu na companhia de uma mulher em um carro branco.

A notícia continua após esta Publicidade

Suzanne, que está em regime semiaberto desde 2015, deve retornar à Penitenciária feminina Santa Maria Eufrásia Pelletie no dia 14 de maio. Richthofen também terá direito a saídas temporárias no Dia dos Pais, Dia das Crianças, Natal e Ano Novo.

Beneficiada com a progressão da pena, em outubro de 2015, Suzane von Richthofen passou do regime fechado para o semiaberto. Na Páscoa de 2016, teve sua primeira liberdade temporária decretada. Mas em setembro do ano passado, a Justiça negou pedido de cumprimento do resto de sua pena em liberdade.

Punição na saidinha

Na mais recente saída para o fim do ano, Suzane foi vista em uma festa em Taubaté, no interior de São Paulo, apesar de ter declarado residência para a cidade de Angatuba. Ela chegou a ser reconduzida à prisão pela polícia local.

De lá, Suzane seguiu para uma audiência com o juiza de plantão, Sueli Zeraik que, após a análise da situação, entendeu que não houve infração e restabeleceu o benefício da saída temporária para a detenta.

Também foi considerado agravante pela magistrada o fato de Suzane já ter informado endereço falso em 2016, durante a saída do Dia das Mães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here