Taxa de emprego aumenta cerca de 7% entre população negra

0

A taxa de emprego na região metropolitana de ficou estável entre a população branca, mas entre os negros aumentou quase 7%, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (17) pelo Dieese. O valor dos salários também subiu mais, só que nada disso foi suficiente para reduzir as desigualdades.
A pesquisa divulgada mostra que os trabalhadores negros estão em setores considerados precários, com salários mais baixos. A taxa de ocupação aumentou, em um ano quase 7% na Região Metropolitana de Salvador. Foram 88 mil novos postos de trabalho principalmente na construção civil e no comércio. Mas é o serviço doméstico que ainda emprega mais: 48 mil negros. O rendimento médio aumentou 7,2%, mesmo assim segundo o censo do ibge os brancos continuam ganhando muito mais que os negros. Uma média de 80% a mais no estado. Em Salvador a média salta para 190%.

Publicidade

Em Salvador, na capital mais negra do país, está sendo realizado o encontro Ibero-Americano do ano internacional dos Afrodescendentes. A intenção é discutir políticas públicas e formas de combate ao preconceito racial.

Entre as autoridades, estavam presentes o governador Jaques Wagner o prefeito João Henrique e a Ministra da secretaria de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros.

“Existem órgãos de promoção a igualdade racial em praticamente todo o Brasil. Há Leis, como o estatuto da igualdade racial, que é extremamente importante e que eu acho que dão para nós uma plataforma bastante sólida para seguir caminhando”, explica Luiza Bairros.

A professora concursada Jucilene Silva começou trabalhando como auxiliar de limpeza e hoje é também diretora sindical, palestrante e consultora, têm quatro ocupações para ter uma renda digna. “Eu tenho muito orgulho. Mas o que eu quero mesmo é que não precise, nem eu e nem minhas filhas e nem outras mulheres, se ocupar, ter uma sobrecarga de trabalho para ter uma vida confortável”, explica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here