Travesti teria mandado matar namorado após ‘espírito’ revelar traição

0

Uma travesti identificada como Sthéfany, de 29 anos, foi presa suspeita de mandar matar o namorado, o entregador Robson Oliveira, de 25, por suposta traição revelada por uma ‘entidade espiritual’. O caso aconteceu em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal.

Um suposto comparsa no crime, Sérgio Rodrigues da Silva, 29, também foi preso, de acordo com o G1. O delegado Daniel Marcelino afirma que Sthéfany confessou o crime e disse ter contratado dois anos para assassinar Robson.

Ela disse ter cometeu o crime após uma ‘entidade espiritual’ revelar traição cometida por Robson. Ela afirmou à polícia que caso ela não matasse Robson, a travesti morreria por causa de uma doença grave.

Os criminosos teriam feito um pedido na distribuidora onde a vítima trabalhava. Quando ele foi ao local combinado para a entrega, foi morto.

O assassinato aconteceu em 5 de maio. O corpo do entregador foi encontrado horas depois da emboscada, próximo a uma estrada no Bairro Corumbá 4, em Luziânia, com sinais de pedradas. A mercadoria e o celular de Robson foram roubados.

A Polícia Civil investiga se há mais co-autores do crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here