Cavalo que morreu eletrocutado na Bahia estava avaliado em R$ 200 mil

0

O cavalo que morreu eletrocutado em uma das baias da Feira Internacional de Agropecuária (Fenagro), no último domingo (29), em Salvador, estava avaliado em R$ 200 mil. O animal era reprodutor, mangalarga marchador e tinha 14 anos. Além disso, ele era campeão de vários concursos nacionais. O cavalo pertencia ao “Haras Caraíbas”.

Forró do Cardeal, como era chamado, chegou no Parque de Exposições de Salvador, no ultimo de fim de semana vindo da cidade de Ipirá, município que fica a cerca de 200 km da capital baiana. Ao menos outros 60 animais estavam na mesma ala que o cavalo que morreu, mas nenhum outro foi atingido.

cavalo-salvador

De acordo com os funcionários que estavam de plantão no domingo à noite, o cavalo estava dentro da quarta baia, quando teve contato com uma fiação elétrica exposta. O animal tocou e morreu assim que recebeu o choque.

Os donos do animal lamentaram a morte do cavalo nas redes sociais e criticaram as condições do parque.

“Estou vivendo um dos piores momentos da nossa criação! Nosso ‘Forró do Cardeal’ [como é conhecido o animal] acaba de morrer ELETROCUTADO!!!!!! ACREDITEM!!! Absurdo!!! ELETROCUTADO NA BAIA DA FENAGRO 2015!!!! Uma feira que se diz uma das maiores do Brasil!!!! Sem nenhuma estrutura pra receber nossos animais e com Gambiarras que matam nossos cavalos e poderiam matar nossos peões ou proprietários!!!! ABSURDO!!!”, diz o post.

print_haras

Já a direção da Fenagro reconheceu que a instalação elétrica na ala onde o cavalo estava tinha problemas. “O choque não é normal, realmente foi um caso que não pode acontecer. Já conversamos com eles [donos do haras], coisas de indenização, do valor do animal”, disse Almir Lins, diretor da Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia (Accoba).

A direção da feira garantiu que toda a fiação elétrica está sendo revista. As licenças de funcionamento já tinham sido pedidas e que não há risco para os outros animais, nem para as pessoas que devem ir ao parque até o próximo domingo.

Com relação as licenças de funcionamento, a direção da feira garante que já tinha dado entrada na documentação e aguardava respostas dos órgãos municipais de vigilância e licenciamento.

Interdição
Segundo nota divulgada pela Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom), agentes do órgão interditaram, na tarde desta segunda-feira (30), a Feira Internacional de Agropecuária (Fenagro), realizada no Parque de Exposições de Salvador, na Av. Paralela. A sanção, aplicada um dia após um cavalo morrer eletrocutado no local, ocorreu em função da ausência de alvará de licenciamento do evento. Ainda de acordo com a Sucom, a organização da feira foi autuada e precisa regularizar a documentação pendente para voltar a funcionar.

A organização da Fenagro 2015 informou em nota que o alvará pendente da Vigilância Sanitária que gerou o embargo pela Sucom já foi emitido e entregue ao órgão durante esta segunda-feira, com todas as taxas devidamente pagas. O diretor da Accoba (Associação de Caprinos e Ovinos da Bahia) e coordenador geral da Fenagro, Almir Lins, esclarece que a Vigilância Sanitária não havia emitido seu alvará devido a um atraso na liberação da ambulância pela Secretaria de Saúde do Estado, que só veio a liberar o equipamento na sexta-feira (27) pela tarde, sem que houvesse mais tempo de expediente para que o alvará fosse emitido pelo órgão responsável.

Diante disso, a feira operou no fim de semana com uma ambulância particular e apenas hoje pode ter seu alvará emitido pela Vigilância Sanitária, tendo sido o documento devidamente entregue à Sucom. Sem mais nenhuma pendência junto ao órgão, os organizadores da exposição agropecuária irão solicitar e aguardam a desinterdição  do evento nesta terça-feira (1º/12).

Por volta das 22h governador Rui Costa emitiu um comunicado, informando que determinou que o Parque de Exposições de Salvador continue aberto para garantir o funcionamento da Fenagro. “A Secretaria de Agricultura do Estado intermediará o diálogo entre a organização do evento e o município para que os entraves sejam desfeitos. O mais importante é que seja estabelecido um acordo para não prejudicar o agronegócio baiano”, disse o governador. A nota ainda dizzia que até que o alvará exigido pela prefeitura seja liberado, o Parque de Exposições continuará aberto para a continuidade da feira, que deve deve movimentar cerca de R$ 100 milhões na economia baiana até o próximo domingo (6). Por conta do embargo, a feira não foi aberta ao público nesta segunda.

A Sucom informou que os responsáveis pela Fenagro chegaram a dar entrada no alvará para a realização da feira, mas o documento não chegou a ser deferido por conta da ausência de autorização da Vigilância Sanitária e do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). O órgão municipal acrescenta que que a  interdição se respalda no Decreto 24.552/2014, que estabelece que “toda e qualquer atividade recreativa, social, cultural, educacional, religiosa ou esportiva, ou acontecimento institucional ou promocional, comunitário ou não, previamente planejado com a finalidade de criar conceito e estabelecer a imagem de organizações, produtos, serviços, ideias e pessoas em caráter temporário, com ou sem venda de ingresso, é considerado evento e, por isto, passível de licenciamento”.

‘Fato Isolado’
A Fenagro é uma realização da Central das Exposições, representada pela Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia (Accoba). Procurada pelo G1, a Accoba informou que a coordenação da Fenagro 2015 está apurando rigorosamente o acidente para identificar as causas da descarga elétrica que causou a morte do cavalo “Mangalarga Marchador Forró do Cardeal”, do Haras Caraíbas.

A Acooba disse ainda que a morte do animal foi um fato isolado e inédito em 28 anos de exposição. Por meio de nota, o diretor da Associação, Almir Lins, relatou que os animais são o maior patrimônio da feira e de seus proprietários. Após a morte do cavalo, ele relata que a Accoba e Seagri tomaram todas as providências de forma imediata e entraram em contato com o proprietário do animal, a fim de dar todas as garantias e indenizações.

A Accoba afirma que cada animal que participa da exposição é acompanhado por veterinário, tratadores e gerentes de fazenda. A Fenagro, por sua vez, mantém veterinário contratado pela exposição e equipe disponíveis 24 horas para qualquer eventualidade.

Ainda na nota, a Associação afirmou que “a feira assegura que o problema pontual já foi solucionado e que tanto animais quanto público estão em perfeita segurança durante o evento, que acontece até o próximo domingo, dia 6 de dezembro”, relatou.

A Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri), que é parceira no evento, não tem previsão de emitir posicionamento.

Fenagro
A 28ª edição da Feira Internacional da Agropecuária (Fenagro) começou no dia 28 de novembro, no Parque de Exposições de Salvador, em Salvador. Este ano, a expectativa é de movimentação financeira em torno R$ 100 milhões em negócios até o dia 6 de dezembro. O horário de funcionamento é das 8h às 22h, com ingressos custando R$ 5 (crianças até 12 anos não pagam). O evento é considerado o maior do Norte-Nordeste e responsável por encerrar o calendário de feiras agropecuárias do Brasil.

A programação da Fenagro conta com a exposição de cerca de seis mil animais e pretende atrair mais de 100 mil pessoas durante os nove dias de duração. Nesta edição, a feira terá a “Escassez de Recursos Hídricos” como tema e realizará as Exposições Nacionais de Caprinos da Raça Anglo-Nubiana e Boer, além do Campeonato Brasileiro de Marcha Picada da Raça Pampa. A Appaloosa será a raça homenageada.

A programação também inclui festival gastronômico, espaço cultural com shows musicais, salão internacional, torneio leiteiro, cursos de formação e capacitação, provas desportivas, feira de adoção de pequenos animais, além de diversificada programação infantil. Uma das novidades deste ano será o “Prato Fenagro”, opção de refeição em todos os restaurantes da feira, servindo carne do sol do interior da Bahia acompanhada de quatro complementos. Será vendido a R$69,90, com indicação para quatro pessoas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here