0

O Ministério das Comunicações inaugurou na manhã desta quinta-feira (29), em Vitória da Conquista, o programa Cidades Digitais, desenvolvido pela Secretaria de Inclusão Digital do MiniCom. Na cerimônia, também foram inauguradas simbolicamente Itaberaba e mais outras oito cidades digitais baianas.

Publicidade

Agora, todos esses municípios contam com uma rede de fibras ópticas para conectar à internet os órgãos públicos municipais e os espaços de acesso gratuito para a população. Além disso, as cidades também dispõem de aplicativos para modernizar a gestão das prefeituras e o acesso a serviços públicos.

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que participou da cerimônia de inauguração, afirmou que o programa vai trazer ganhos significativos para a população: “A internet é imprescindível para produtividade do trabalho, para estudar, ou simplesmente adquirir informação. O Governo Federal está fazendo todos os esforços para garantir isso. Fizemos esse projeto das Cidades Digitais para facilitar o acesso da população e da administração municipal à internet, além de ter o benefício da internet em praça pública”.

cidades_digitais_3

Bernardo disse também que até o fim de 2015, a área correspondente a um raio de 30 km a partir da localidade sede de todos os municípios brasileiros será coberta por serviços de voz e dados, alcançando 91% da população rural brasileira. Do mesmo modo, será disponibilizada banda larga gratuita a todas as escolas públicas rurais situadas nessa área, o que corresponde a 96% do total de escolas rurais brasileiras.

Legado
Itaberaba e Vitória da Conquista foram dois dos 80 municípios brasileiros contemplados em 2012 para integrar o projeto-piloto do Cidades Digitais. A fibra óptica instalada pelo Ministério das Comunicações foi entregue aos municípios de Guanambi, Itabuna, Juazeiro, Lauro de Freitas, Nilo Peçanha, Piraí do Norte e Uruçuca. As cidades também fazem parte da primeira etapa do Cidades Digitais, que contemplou 9 municípios baianos.

Somando-se todas as cidades baianas beneficiadas pela primeira etapa do programa Cidades Digitais, os investimentos do Ministério das Comunicações no Estado totalizam quase R$ 5 milhões, beneficiando uma população de 1,15 milhão de pessoas. Ao todo, mais de 150 pontos nas cidades selecionadas estão sendo conectados à internet, por meio de redes de fibra óptica que totalizam mais de 90 quilômetros.

O programa
O objetivo do Cidades Digitais é modernizar a gestão, ampliar o acesso aos serviços públicos e promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros por meio da tecnologia. As cidades que recebem estrutura de rede são selecionadas por meio de edital.

Em 2012, o Ministério das Comunicações abriu a primeira seleção para o projeto-piloto, em que 80 municípios foram contemplados. Em 2013, o Cidades Digitais foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, selecionando 262 municípios com população de até 50 mil habitantes. O projeto conta, entre outros, com a parceria do Ministério do Planejamento, da Telebras, do Inmetro e do BNDES.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here