Bahia Criativa promove série de oficinas e formações gratuitas em Itaberaba

0

O Escritório Bahia Criativa, resultado de um convênio firmado entre o Ministério da Cultura e o Governo da Bahia e gerido pela Secretaria de Cultura (Secult), promove este mês oficinas voltados para empreendedores que atuam na cadeia produtiva da economia criativa, gestores e colaboradores de organizações culturais interessados em adquirir conhecimentos sobre os temas abordados. As atividades acontecem em Salvador e nos territórios de identidade Vale do Jiquiriçá, Piemonte do Paraguaçu e Litoral Norte-Agreste Baiano.

Na ultima terça-feira (7), em Salvador, foi realizada a oficina ‘Cidades Criativas’, com a designer especialista em Gestão de Cidades e Empreendimentos Criativos pela Faculdade de Ciências Econômicas, da Universidade Nacional de Córdoba, Alice Barreto.


11709460_874061449333272_5223036607718115220_n
Ela irá trabalhar sob a perspectiva de que as soluções para os problemas estruturais da sociedade, da economia, da cultura e das cidades exigem novos olhares. A partir da análise de casos práticos, o participante vai ser motivado a mergulhar em cidades de escalas, histórias e contextos dos mais diversos, todas buscando se reinventar.

Hoje (8) ocorreu a atividade de formação ‘Marketing Aplicado a Empreendimentos Criativos’, com a publicitária Fabiana Aragão. A atividade aborda o relacionamento com a dinâmica do mercado, em especial com os clientes, a partir do estudo do desenvolvimento e distribuição, precificação e comunicação de produtos e serviços criativos. Todas as oficinas aconteceram ao decorrer do dia.

As cidades de Itaberaba (9 a 11), Jaguaquara (23 a 25) e Mata de São João (24 a 26) recebem a formação em ‘Projetos Criativos e Sustentáveis – Elaboração de Projetos Culturais, Estratégias de Financiamento e Administração Financeira’. Serão discutidos as metodologias, ferramentas, técnicas e instrumentos para gerenciar um projeto cultural. Em Itaberaba e em Jaguaquara, o curso será ministrado pela especialista em Gestão Ambiental e Qualidade, Flávia Paixão. Em Mata de São João, o sociólogo, gestor cultural e doutorando da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Diogo Reyes será responsável pela atividade.

link-zap
Loading...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here